Skip to content

Publicado por Grupo SERES

5 dicas para melhorar seu perfil no LinkedIn


 

Cada rede social tem características que as diferenciam uma das outras. O LinkedIn é um espaço voltado para a área profissional. Ou seja, foto de perfil na praia, com roupa de banho e segurando bebida, não é recomendável. Por ter foco em trabalho, o ideal é transmitir seriedade e suas informações profissionais importantes. Mas esteja atento, não é só jogar esses dados e colocar uma foto vestindo terno que vai fazer com que você saia recebendo propostas. É preciso fazer com que seu perfil se destaque. Apesar de não existir uma fórmula secreta, existem boas dicas de como melhorar seu perfil na rede. Veja cinco delas:

Foto
Começamos justamente pela foto para explicar melhor o que já dissemos. Nela, você deve estar vestido como quem vai ao trabalho – na área do seu interesse. No primeiro parágrafo, citamos o terno. Essa é uma peça de roupa que naturalmente transmite seriedade, mas, talvez, para alguém que esteja começando na área de publicidade, por exemplo, valha mais a pena vestir uma roupa confortável e que transmita a impressão de estilo, algo valorizado neste nicho. O sentido geral é esse.
Mais uma dica: não recorte uma foto em que esteja com alguém. Não pega mal se dedicar para produzir a foto de perfil, pelo contrário. Escolha a roupa e o cenário com cuidado. Lembre-se, vai funcionar como a primeira impressão, é bom caprichar.

URL
Assim que seu perfil é criado na rede, o LinkedIn gera uma URL (um endereço virtual) da sua conta. Essa URL automática, normalmente composta por números, é personalizável. O usuário pode, e deve, fazer isso. Esta simples mudança aumenta as suas chances de ser encontrado.
Abaixo explicamos como personalizar:
– Clique no ícone “eu”, que fica na parte superior e escolha a opção “Visualizar perfil”.
– Na tela que se abre, na parte superior direita, tem três caixas. Clique na do meio, “Editar perfil público e URL”.
– Na página, clique no ícone de lápis que aparece abaixo da URL que está sendo usada e faça a troca, de preferência, para seu nome e sobrenome.

Atenção ao conteúdo
Jogar os cargos que ocupou na descrição não é o melhor caminho, é preciso pensar em chamar atenção e, com informações genéricas, isso geralmente não acontece. É realmente como em um currículo, seja minucioso sobre suas experiências e o que fez de destaque nelas.
Para um jornalista, por exemplo, dizer que foi repórter em tal jornal tem bem menos peso do que detalhar em quais editorias trabalhou, assuntos que se especializou, se participou de coberturas de destaque e propôs inovações que geraram resultados.

Não abandone a rede
Não é incomum que a pessoa crie um perfil no LinkedIn, despeje as informações profissionais e, depois de poucos meses, sem receber nenhuma proposta, não volte. O perfil continua lá e recrutadores podem acabar passando por ele. E, nesse caso, facilmente poderão perceber que está desatualizado, passando a impressão de que essa parte da vida profissional foi deixada de lado.
Por isso, sempre que houver alguma novidade relevante, acrescente. De tempos em tempos, atualize a foto e, se possível, siga a última dica:

Produza conteúdo
Cada vez mais o LinkedIn se torna um espaço de produção de conteúdo. Os artigos vêm ganhando atenção e essa é uma ótima oportunidade pra você mostrar o que sabe sobre a sua área. Assim, demonstrará autoridade no assunto e chamará atenção, mantendo o perfil constantemente atualizado.

Empresas do Grupo