Terceirização x Internalização: Quando implementar cada uma?

Terceirizar ou internalizar

É fácil optar entre instalar uma cortina em casa ou chamar alguém para fazer isso, quando existe essa possibilidade. Você pode até começar a tentar fazer e desistir no meio processo, talvez, não haja grandes mudanças. Mas é possível pensar desta maneira simplista em uma empresa? Escolher se os serviços serão realizados internamente ou de forma terceirizada é uma decisão que requer bastante cuidado na avaliação. Quando optar por terceirização e quando optar por internalização?  

Por exemplo, a equipe de gestão de Recursos Humanos, é importante avaliar com atenção se a empresa vai ter uma equipe interna ou se é mais vantajoso terceirizar este serviço. A gestão de pessoas não é uma tarefa simples, além disso, demanda investimento e eficiência. O resultado do trabalho desta área traz mudanças significativas em todos setores, na estrutura e na capacidade de produção.

Para começar a decidir, vale considerar alguns pontos básicos. Avalie o número de funcionários da empresa e o número de funcionários que a equipe de RH tem ou precisará ter. Além disso, veja o gasto despendido com este departamento para cuidar de todos os processos. Considere também os custos com a equipe do departamento – como salários, benefícios, FGTS, férias etc.

Logo após, é importante pesquisar qual é o custo para que o trabalho desta área seja desenvolvido de forma terceirizada. Este é um passo inicial para decidir qual forma atenderia melhor a sua organização.

Quando optar pela internalização

Estruturar um departamento de RH interno é um desafio para além dos custos dos funcionários. É preciso encontrar profissionais experientes, definir os processos da área e adquirir equipamentos e a tecnologia (softwares e programas) necessários para o trabalho.

Em uma empresa de grande porte, com recursos acessíveis, internalizar esta equipe pode ser uma opção viável. E dessa forma, ao fazer esta opção, a direção da empresa pode ter mais controle e se beneficiar com a concentração de atividades como:

– divulgação de vagas;

– seleção, recrutamento e treinamento dos profissionais;

– admissões e demissões;

– controle do ponto;

– preparação de campanhas estratégicas;

– elaboração da folha de pagamento dentro da empresa.

Por que optar pela terceirização

É mais fácil falar das vantagens da terceirização porque, além de serem muitas, são capazes de serem aplicadas a todos os tipos de empresa. Independentemente do porte ou do setor em que atuam.

Entre as principais vantagens de optar pela terceirização:

Baixo custo: uma equipe interna envolve custos além dos funcionários, demanda investimento para ser eficiente. O processo de terceirização transforma o gasto em uma despesa única e fixa. Dessa forma, é possível controlar e prever o orçamento.

– Escalabilidade: esta é a capacidade de crescimento de uma empresa e/ou setor. Ao aumentar a operação e a quantidade de funcionários, o RH também precisa crescer. Com uma equipe terceirizada, é possível apenas expandir o contrato, e não modificar os processos e contratar novos funcionários para a equipe.

– Aumento da eficiência: é optar por um serviço especializado e de excelência. A ideia é ter à disposição profissionais com experiência e formação para o desenvolvimento deste trabalho. Profissionais que têm o conhecimento total do processo, conduzindo-o com facilidade, dinamismo, mais assertividade e em menor tempo.

Ainda em dúvida sobre qual modelo adotar? Então, entre em contato, podemos ajudar.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp