Como ser um bom líder? 5 dicas para desenvolver liderança

Como ser um bom líder

Muitos pessoas ficam na dúvida de como ser um bom líder, mas tenha em mente que  desempenhar o papel de liderança é muito importante para o desenvolvimento e a evolução dos colaboradores e da instituição, independentemente do tipo de organização. Dentro de uma empresa, o líder não deve desempenhar exatamente o papel de um chefe e, sim, de um guia. Enquanto a figura do primeiro é a de quem fica responsável por distribuir ordens, funções e serviços, o líder procura participar efetivamente de cada trabalho e se envolver em todas as ações que coordena.

Para exercer cargos de liderança, é esperado que o gestor abrace os projetos e apoie os integrantes da equipe a cumprir prazos, serem eficazes no trabalho e se manterem motivados. O líder precisa se posicionar como uma peça-chave na engrenagem da empresa, mas sempre deixando claro que é somente uma das peças, estando disposto a valorizar todas as outras. Esta figura precisar ter força para inspirar as demais, criando identificação e empatia entre as pessoas do ambiente.

Interessante também é que esses profissionais precisam ter a capacidade de lidar com desafios muitas vezes complexos, mas, para isso, não é necessário que a pessoa nasça com todas as habilidades requeridas. É possível desenvolver o espírito de liderança e alcançar as características essenciais para ser um bom líder. Confira como ser um bom líder com essas dicas:

 

Um papel multidisciplinar na empresa

É preciso equilíbrio para estar à frente, mas é preciso entender que não é possível fazer isso sozinho. Um bom líder procura compartilhar o seu conhecimento, experiência e também dar confiança e atribuições para que toda a equipe tenha autonomia e responsabilidade.

O papel multidisciplinar também se refere a cumprir suas obrigações e ainda se relacionar com a equipe, contribuir com feedbacks e orientações aos colaboradores e delegar ações de maneira participativa.

 

A capacidade de trabalhar com diferentes perfis

Ainda sobre se relacionar com a equipe, é preciso entender que cada funcionário tem um perfil pessoal e profissional. E que talvez não seja o que mais se encaixa ao seu.

Por isso, uma das características essenciais para se destacar é a de saber lidar com a diversidade nas empresas, com as diferentes maneiras de se expressar e de trabalhar.

 

Um bom exemplo a ser seguido

Quem está no papel da liderança deve desempenhar com eficiência sua tarefa, dominar as estratégias e mecanismos do seu cargo e oferecer bons resultados para a empresa.

Mas não só isso. O líder precisa demonstrar respeito às regras estipuladas pela organização, cumprir horários, ser pontual com suas entregas, e estar disponível para demandas extras ou de última hora.

 

Empatia

A capacidade de entender, respeitar e se colocar na dificuldade do outro. Reconhecer que cada pessoa tem seu limite, suas qualidades e defeitos.

O líder pode usar isso para conhecer detalhadamente o perfil de sua equipe, saber como trabalhar com cada um dos envolvidos e ainda conseguir mantê-los motivados.

 

Facilidade de comunicação

Saber ouvir significa ter atenção e interpretar bem a mensagem do outro. Mas é importante também saber falar, explicar e demandar a seus colaboradores. O líder precisa sempre buscar uma boa comunicação dentro da equipe, ouvir a todos e promover o respeito em relação às opiniões divergentes.

 

Disposição para continuar aprendendo

Não é porque a posição de liderança foi alcançada que o líder não tem mais o que aprender. Estar em constante evolução e desenvolvimento é indispensável.

Quanto mais especializações, melhor para lidar com situações diversas e resolver problemas com facilidade. Além disso, ainda é possível dividir mais conhecimento com a equipe.

 

A habilidade de aproveitar as oportunidades

A delicadeza de perceber oportunidades e, claro, estar sempre preparado para aproveitá-las. É o “como transformar um problema em possibilidade de crescimento”. Para isso, é preciso ter paciência e persistência e saber diferenciar uma da outra!

 

A diferença entre indicar o caminho e caminhar junto

O papel que um líder desempenha hoje é muito diferente do trabalho que os chefes faziam antigamente. A figura agora deve ser inspiradora, acessível e disposta a também fazer, não só mandar.

O mundo se modifica, evolui e lança novas tecnologias e formas de trabalhar todos os dias. Quem quer ocupar uma posição de destaque precisa estar atento e acompanhar todo esse movimento. Mas, ainda mais importante, é perceber que as empresas procuram as melhores “cabeças”. Porém, elas não têm muito sentido se vierem separadas do “coração”. O líder deve ser alguém competente na sua função e que trabalha de forma humanizada essencialmente.

 

Agora você sabe como ser um bom líder, mas como desenvolver o espiríto de liderança?

 

Espírito de liderança é um termo muito utilizado por gestores e empresas nos dias de hoje. É, inclusive, uma habilidade procurada em estagiários, trainees e profissionais em geral. Pessoas com essa característica costumam impulsionar equipes e até organizações para o sucesso, conseguem melhorar os resultados e chamar atenção positivamente. São colaboradores que costumam inspirar outros com ações proativas, criativas e têm um perfil empreendedor e visionário.

Mas, talvez, o mais importante é que estes profissionais têm a capacidade de lidar com desafios que podem parecer complexos, e principalmente, conseguem contornar adversidades e acompanhar qualquer mudança.

No contexto de estar no topo, a busca pelo espírito de liderança não é somente para os profissionais. Ou seja, marcas, produtos e empresas também devem procurar seu lugar de destaque; neste caso, diante de todo o mercado. E a ideia é a mesma: mostrar-se eficiente, eficaz, mas, principalmente, diferenciado e criativo.

Pode ser que alguns “líderes” tenham nascido prontos, com as características fundamentais para se destacarem dentro de uma organização. No entanto, também é possível desenvolver as habilidades consideradas importantes para o que as empresas buscam como o espírito de liderança. Cursos, treinamentos, experiências práticas e investir constantemente em novos aprendizados são alguns exemplos de práticas essenciais para o crescimento de um profissional.

Confira algumas dicas que podem ajudar:

 

Invista em você

Invista no seu crescimento pessoal e profissional. Afinal, isso poderá ajudar a desenvolver mais rápido novas habilidades que demonstrarão espírito de liderança. Cursos de idiomas, capacitações, especializações, coaching voltado para gestão são exemplos de investimentos que podem trazer bons resultados. Nunca deixe de se atualizar, porque a competição está cada vez mais acirrada.

 

Proatividade está em alta

Hoje se fala muito em proatividade. Esta é uma característica essencial para um líder. O objetivo é estar sempre ativo, em movimentação e executando bem os projetos. Um profissional proativo está sempre buscando melhorar os resultados da empresa. Na prática, esta qualidade lhe faz antecipar tendências, criar novas ideias e inovar sempre. Então, procure sempre desenvolver sua motivação.

 

Procure inspirar as pessoas à sua volta

Um líder deve sempre ser inspirador. Deve ser um bom exemplo para os profissionais e pessoas à sua volta. Desse modo, quem tem espírito de liderança consegue engajar sua equipe sem tanto esforço e fazer com que sigam suas ideias, métodos e trabalhem com mais motivação. É importante se destacar positivamente “na multidão”.

 

Aceite sugestões, opiniões e ideias

Esta dica vale tanto para profissionais, como equipes, empresas e marcas. Receba bem opiniões ou novas ideias. Procure analisar todas e dar feedbacks com as suas considerações. Isso ajudará a demonstrar tolerância, abertura a mudanças e humildade.

 

Saiba ser um bom líder

É preciso saber ter autoridade e se utilizar deste artifício para gerir as pessoas. A diferença de um líder para um chefe é que este último se utiliza somente do poder e da hierarquia. Assim sendo, não seja um ditador.
Você deve ter também espírito competitivo, buscar os melhores resultados e aceitar os desafios. Aguçar a competitividade de maneira saudável na sua equipe é importante para que todos queiram evoluir e mostrar eficiência.

Ficou interessado em entender mais sobre a figura de um líder? Entre em contato.

 

Fontes:

Agendor

Jrmcoaching

Ibccoaching.com.br

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp