11 dicas para criar um roteiro de entrevista eficiente

Como criar um roteiro de entrevista

A entrevista de emprego é a maneira mais utilizada pelas empresas para aprofundar os conhecimentos sobre o candidato a determinada vaga — e é a oportunidade dessa pessoa contar suas experiências, mostrando por que deve fazer parte da equipe. Para que o momento seja aproveitado com eficiência e resulte em respostas satisfatórias, é indicado que o recrutador organize um roteiro de entrevista estruturado, com perguntas predefinidas.

Além de permitir uma avaliação mais precisa do potencial colaborador em relação à vaga que ele vai ocupar, por meio do roteiro, o processo se torna mais objetivo e organizado. O ponto principal na hora de montar o roteiro de entrevista é saber o perfil de candidato que está sendo procurado. Quais são os requisitos necessários para ocupar a vaga? Quais são as especificidades do setor? Qual é o tipo de profissional que se adequa mais à empresa?

De acordo com as respostas que o recrutador precisa para avaliar o futuro funcionário, ele deve elaborar as perguntas com clareza e objetividade. Por meio de perguntas estratégicas, é possível analisar as principais características, habilidades e o histórico do profissional, mas para que a entrevista tenha bons resultados, é interessante criar um clima amistoso, eliminando as tensões.

Além disso, o responsável pela entrevista deve analisar previamente as informações do currículo do candidato e demonstrar onde quer chegar com aquela entrevista.

Se você quer saber como criar um roteiro de entrevista eficiente, continue a leitura deste post!

Qual é a importância de elaborar um roteiro de entrevista?

Ao elaborar um bom roteiro de entrevista, as chances de obter ótimas contratações são grandes. Fazendo perguntas certas, é possível analisar o perfil profissional e suas características, definindo o entrevistado que se encaixa melhor no cargo.

Na maioria das vezes, várias pessoas são chamadas para a entrevista, por isso, o roteiro serve para ajudar o recrutador a não esquecer de pontos importantes a serem tratados na conversa.

O que não pode faltar no roteiro de entrevista?

Muitos funcionários de RH têm dificuldades em desenvolver um roteiro de entrevista para um processo seletivo. Saiba que essa etapa não é tão complicada quanto parece.

Não existe uma regra: é preciso estudar e praticar para ter êxito nessa tarefa. O importante é se aperfeiçoar cada vez mais. Veja abaixo a lista de itens indispensáveis em uma entrevista!

1. Uma breve apresentação do cargo

No roteiro de entrevista, não se esqueça de informar as especificações da vaga. O candidato precisa estar ciente das obrigações, atribuições e tarefas do cargo. É possível esclarecer sobre os horários e o local de trabalho. Nesse momento, o recrutador também pode perguntar sobre experiências nas funções que o cargo exige.

2. Informações sobre a empresa

O responsável pela entrevista deve apresentar a empresa, falar da área de atuação, dos cargos e dos profissionais. É importante se mostrar acolhedor, mas sem deixar de falar sobre os valores buscados e as exigências aos funcionários. Uma sugestão é informar sobre os benefícios oferecidos pela empresa.

3. Perguntas claras e objetivas

No momento da entrevista, o recrutador já tem que saber qual é o perfil de candidato procurado pela empresa. As perguntas devem se basear nas informações que ele precisa buscar para avaliar se o profissional se enquadra na área de atuação, no trabalho e, claro, na cultura da empresa.

Algumas perguntas devem ser baseadas no currículo do candidato. É interessante verificar as informações declaradas e aprofundar pontos que o recrutador acha importantes para o cargo.

Perguntas sobre relacionamento em equipe, experiências e outros empregos também devem ser feitas, assim como sobre cursos de formação. As perguntas de foro íntimo e pessoal devem ser evitadas.

4. Um momento para o candidato falar

É interessante ver como o potencial colaborador se expressa, por isso, ofereça um tempo para que o profissional fale de si mesmo sem perguntas predeterminadas. O candidato deve descrever seu perfil profissional, comportamental e suas experiências de forma pessoal e opinativa. O recrutador pode pontuar, pedir esclarecimentos ou fazer indagações, mas o importante é que o entrevistado se sinta à vontade para falar por algum tempo.

CTA Horizontal 10
CTA 5NV 04 1

5. Uma proposta

No roteiro de entrevista, também é relevante dar detalhes mais específicos, como salário, bonificações e oportunidades de crescimento. Vale explicar se há sistema de metas, mas sem criar ansiedade no candidato — ele deve se sentir motivado.

6. Informações sobre o que a empresa busca

Saber exatamente qual é o perfil de profissional que a empresa está buscando no mercado é de extrema importância para criar o roteiro de entrevista ideal. No momento de preparar o questionário, ter em mente quais são as qualidades e habilidades do candidato fará toda a diferença.

Para elaborar um roteiro eficiente, é preciso definir tudo o que o futuro funcionário deve saber, aspectos sobre a sua formação e as habilidades de relacionamento interpessoal que o profissional deve ter.

7. O formato da entrevista

Primeiramente, é necessário escolher o formato de script que será utilizado. A organização no ato da entrevista é essencial, por isso, a maioria das pessoas adere à seguinte sequência:

  • entrevistador faz a pergunta;
  • entrevistado responde aos questionamentos.

Além da entrevista presencial, os processos seletivos online ou vídeo-entrevistas têm se tornado meios práticos e seguros para todos, afinal, estamos vivendo uma pandemia.

A tecnologia tem avançado, e utilizar aplicativos criados especificamente para reuniões é uma maneira inovadora de realizar esse trabalho — existem fortes indícios de que essa técnica permanecerá no mercado.

8. A duração da conversa

Antes de criar o questionário da entrevista, pense em quanto tempo você tem disponível para a conversa com o candidato. Uma dica interessante é considerar a possibilidade da duração ser de uma hora. Nesse período, podem ser feitas três perguntas para cada assunto. Se desejar uma conversa mais longa, inclua outras perguntas.

9. Questionamento de pontos positivos e negativos

Na entrevista, o candidato pode ser questionado quanto aos seus pontos positivos e negativos. É importante verificar se as respostas são pontos importantes para os requisitos solicitados. Por exemplo: se o futuro funcionário se considera perfeccionista e autocrítico, geralmente são características que demonstram que a pessoa se preocupa com os resultados que oferece à empresa.

10. Avaliação das competências

Analisando o currículo do candidato, será possível encontrar as experiências de seus empregos anteriores. Para saber um pouco mais sobre os detalhes dos trabalhos realizados, é preciso formular perguntas que auxiliem o profissional na hora de falar sobre o assunto.

Com esse tipo de questionamento, é possível avaliar as competências de cada pessoa e optar pelo que mais se encaixe no perfil desejado pela empresa.

11. Feedbacks ao candidato

Após realizar as entrevistas com os candidatos, é normal que eles esperem um posicionamento do entrevistador — um feedback positivo ou negativo. Caso o profissional não seja adequado para a vaga, uma resposta com o resultado do processo seletivo demonstra que você se preocupou em dar um retorno. Abaixo, segue um exemplo:

  • “Ficamos agradecidos com sua disponibilidade em participar do nosso processo seletivo para a vaga de __. Infelizmente, pelo motivo de _____, não podemos dar continuidade no momento, mas não desanime! Fique por dentro das futuras vagas por meio do nosso site. Desejamos sucesso a você.”

Caso o candidato se encaixe na vaga, é necessário dar um feedback positivo. Veja o exemplo:

  • “Ficamos agradecidos com sua disponibilidade em participar do nosso processo seletivo para a vaga de ___ e gostaríamos de dar continuidade para a próxima etapa. Qual é o melhor horário para agendarmos?”

Dar um retorno ao entrevistado faz com que a empresa transmita uma imagem de ética e preocupação com as pessoas envolvidas no processo.

Como você pôde perceber, as perguntas que serão realizadas em uma entrevista de emprego podem variar conforme a cultura da empresa e o roteiro de entrevista criado. Agora que você já recebeu nossas dicas, fica mais fácil montar um roteiro que seja eficiente. Dessa forma, você poderá encontrar ótimos profissionais para trabalharem na sua empresa.

Se você quer ajuda para realizar os processos ou mais informações sobre Gestão de Pessoas, entre em contato conosco. Nossos especialistas estão prontos para ajudar você!

CTA 4NH 04
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp