Cultural add: o que é e como utilizar como alternativa ao tradicional fit cultural

cultural add

Cuidar da equipe é um investimento imprescindível, afinal, é por meio desse grupo que a organização encontrará a força de trabalho que move seus produtos ou serviços no mercado. Você sabe o que isso tem a ver com o cultural add?

Fala-se muito sobre essa estratégia e como ela se apresenta como uma boa alternativa ao tradicional fit cultural, já implementado em muitas companhias. Entretanto, como funciona esse novo método? Quais as suas vantagens? Como praticar essa nova forma de compor equipes? Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas!

O que é cultural add?

As empresas precisam estar atentas e buscar diferentes talentos para compor o seu time, considerando as habilidades técnicas, comportamentais e socioemocionais. Essa diversidade fará com que o grupo seja inovador e atenda uma parcela maior do mercado. É diante dessa necessidade que o cultural add entra em ação.

O termo remete ao processo de adição de cultura, ou seja, o objetivo é acrescentar novos pontos de vista ao seu time. Essa é uma solução que tem o intuito de diversificar e cultivar profissionais com visões e pensamentos distintos.

Muita gente se pergunta como a diversidade está relacionada ao mundo empresarial e como ela pode auxiliar. Atualmente, o conhecimento é muito valorizado, por isso, temos cada vez mais especialistas em diferentes áreas, com autoridade e entendimento técnico para aperfeiçoar cada etapa de um processo — de venda, de compra, de negociação, de atendimento ao cliente ou de recrutamento, por exemplo.

A especialização tem um preço: para você ser um “especialista” em determinada área, é preciso estudar e dedicar tempo à formação continuada. Provavelmente em função disso, o prazo para se aprofundar em outros campos do conhecimento de forma geral pode se tornar cada vez mais limitado.

É importante reconhecer que, durante o processo de recrutamento, é possível afunilar a sua busca por um profissional que tenha determinada especialidade e, por essa razão, tem muito a acrescentar em alguma operação da empresa.

Quando um time plural é formado, a empresa tem, à sua disposição, profissionais de diferentes áreas, pessoas de culturas diversificadas, com uma variedade de origens e dados demográficos. Estará sendo formada, portanto, uma equipe multidisciplinar que pensará fora da caixa para entregar o seu melhor.

É nessa intersecção de conhecimento e de experiências que está a principal vantagem do cultural add, pois você poderá trazer um produto ou um serviço mais completo e com melhor qualidade.

Por que o cultural add é diferente do fit cultural?

O fit cultural é tradicionalmente adotado pelas empresas e tem como o intuito o alinhamento do colaborador, das suas soft skills e dos seus traços de personalidade aos valores e cultura da empresa. Podemos afirmar que esse tipo de recrutamento é pautado em buscar um profissional que se adéque ao DNA da organização.

Essa é uma característica importante, mas como fica a inovação? Como e quem conseguirá levar um novo material ou solução para ampliar o público ou convertê-lo com mais precisão?

CTA Lideranca 4.0 o que voce precisa saber sobre isso2

Ao contratar profissionais da mesma linha e com abordagens e valores parecidos, a empresa cria uma cultura de comodidade. Um ambiente em que todos pensam e agem da mesma maneira, geralmente não é um ambiente fértil para a inovação e criatividade. Isso pode ser um empecilho e limitar a produtividade do seu time.

Por que aderir ao cultural add?

Um processo de recrutamento pautado no cultural add segue o caminho oposto ao do fit cultural. Nessa solução, as diferentes habilidades e vivências do profissional serão contadas como ganhos para um time.

Essa é uma abordagem em que serão destacados os pontos relevantes para a vaga e como o profissional atenderá a essas demandas. Não será cobrado desse profissional adequar-se a uma cultura previamente existente na empresa.

Com isso, seguiremos por um caminho em que a diversidade e a variedade de tendências serão uma marca registrada dos profissionais. Ao aplicar o cultural add, cada profissional será capaz de trazer algo novo, que contribuirá para o crescimento da sua empresa.

Quando mudar do fit cultural para o cultural add?

Mudar do fit cultural para o cultural add é algo processual para a adaptação, mas a sua aplicação deveria ser iniciada o quanto antes, sempre respeitando os limites e o grau de maturidade de cada organização. Em primeiro lugar, é necessário empreender uma análise sobre como está o time que você coordena, quais são suas limitações e quais são os seus pontos fortes.

Ao decidir adicionar novas culturas ao seu time, é importante alinhar a organização à maneira como os candidatos vivenciarão o seu negócio. Alguns valores poderão ser acrescentados, como “respeito à diversidade”, “a criatividade sempre será valorizada” ou “novas maneiras de enxergar”. Empresas como Shopify e Buffer são boas influências para observar como esse processo ocorre.

Depois, é importante definir protocolos formais. Para isso acontecer, algumas perguntas significativas precisam ser respondidas durante o processo de recrutamento.

  • Esse candidato traz algo de inovador para a equipe? Ele complementa de forma positiva?
  • Ele desafia os processos e pensamentos que estão em vigor?
  • Representa um contexto ou ponto de vista que podemos estar perdendo ao não ser contratado?
  • Apresenta um ponto de vista para os nossos clientes melhor do que a equipe que já temos?
  • Suas experiências e habilidades podem ser transferidas para atender à necessidade do cargo?
  • Por fim, defina quais são os “ajustes” que esse candidato terá que fazer para se adequar ao time e vice-versa.

É importante trabalhar com pessoas que entendem a cultura da empresa e desejem alcançar objetivos semelhantes, mas uma adequação sem supervisão pode ser uma ferramenta discriminatória.

Construir uma cultura diversificada dentro de uma equipe não é um trabalho fácil e, na maioria das vezes, não acontece naturalmente. Esse processo exige atenção e cuidado no momento do recrutamento.

Ao decidir pelo cultural add em vez da tradicional adequação ao fit cultural, sua equipe encontrará um terreno fértil para a criatividade e troca de conhecimentos. O objetivo é ter um time que pensa fora da caixa, com pluralidade de opiniões e perspectivas, e que seja comprometido com o seu negócio!

Gostou deste conteúdo? Quer receber mais dicas como essas para que a sua empresa cresça cada vez mais? É só assinar a nossa newsletter!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp