Não perca 5 dicas para realizar uma gestão de vagas com eficiência

gestão de vagas

A contratação de bons profissionais sempre envolveu certa complexidade, mas, atualmente, com a alta competitividade do mercado — independentemente do segmento de atuação da empresa —, é fundamental traçar uma estratégia acertada de recrutamento e seleção (R&S). Na prática, as organizações, cada vez mais, vêm sentindo uma pressão que impulsiona a implementação de um modelo novo de gestão de Recursos Humanos (RH).

O principal objetivo é se posicionar à frente da concorrência, já que, indiscutivelmente, os negócios que atuam de modo a afastar os talentos, em vez de atraí-los, e que não substituíram a figura dos chefes pelos líderes apresentam uma baixa “expectativa de vida”. Ou seja, estamos em meio a um contexto que exige mudanças na imagem que as empresas transmitem ao mercado de trabalho e, diante disso, a importância da gestão de vagas se destaca.

Nas próximas linhas, vamos abordar mais detalhadamente o tema. Continue a leitura!

O que é gestão de vagas e como funciona?

Em termos simples, a gestão de vagas abarca o gerenciamento das posições de trabalho que estão disponíveis para serem preenchidas em um negócio. Como um todo, o processo envolve várias etapas, que vão do cadastro das oportunidades em aberto até a triagem dos candidatos interessados, entre outras atividades que fazem parte dos processos seletivos.

Via de regra, o profissional que conduz essas atividades é o Analista de RH, que visa o recrutamento e a seleção do profissional que apresenta um perfil mais adequado ao cargo a ser ocupado e, é claro, mais bem alinhado à organização, levando em conta o fit cultural. Na prática, porém, o seu funcionamento envolve também a busca de profissionais que já integram a força de trabalho de uma companhia e que se destacam na sua função.

Nesse contexto, o propósito é preencher as vagas em aberto com colaboradores qualificados e previamente ambientados com a cultura organizacional. Inclusive, trata-se de uma das melhores iniciativas em prol da retenção de bons talentos.

Quando é importante colocá-la em prática?

De forma geral, a gestão de vagas é uma atividade indispensável para as organizações que almejam crescer em longo prazo. Afinal, para se manter um setor de Recursos Humanos cada vez mais estratégico, é extremamente importante acompanhar as posições em aberto, o que torna viável identificar quais são as ações que têm funcionado bem no processo de R&S e o que requer ajustes.

Outro ponto a se considerar é que, com a condução de processos seletivos mais bem-sucedidos, torna-se menos complexo formar equipes de alta performance, o que não apenas qualifica o negócio, mas também o torna mais competitivo diante do mercado. Por outro lado, quando mal estruturados, não raramente esses processos resultam em admissões equivocadas, o que traz prejuízos para a empresa, como altas taxas de turnover.

Como fazer uma gestão de vagas eficiente?

Como vimos, quanto mais estratégico for o RH, menores serão as chances de haver más contratações. Isso, por sua vez, diminui os gastos desnecessários e, consequentemente, impacta positiva e diretamente os números finais da organização.

Além disso, em geral, as companhias que priorizam a gestão de vagas alcançam a expertise de suprir as suas próprias necessidades e demandas por meio da contratação de profissionais que se alinham perfeitamente aos valores, à missão e à visão da marca. Então, considerando a importância dessa atividade, a seguir, elencamos uma espécie de passo a passo que vai ajudá-lo a colocá-la em prática.

1. Determine os prazos

O ponto de partida envolve a análise cautelosa dos processos de seleção anteriores para mapear o período de tempo gasto no preenchimento das vagas. Nessa fase inicial, será possível compreender quais são os cargos que exigem mais tempo para fechar uma contratação, por exemplo.

headhunting
RecrutamentoDeSelecaoEstrategico H2

Nesse momento, também é interessante identificar se alguma posição demandou prazos mais longos ou superiores à média e, para solucionar esse gap, é recomendável determiná-los, tornando-os mais precisos.

2. Defina a estrutura do seu processo de R&S

Outra medida importante é a estruturação do processo seletivo da empresa. Nesse caso, é importante levantar alguns questionamentos, como:

  • Quais são as fases que compõem o funil de recrutamento?
  • Quais são as atividades que cada uma das etapas abrange?

O mais indicado é olhar para o processo como um todo e avaliar o que pode ser padronizado — porém, sempre zelando pela humanização e pela pessoalidade.

Inclusive, pode ser interessante elaborar um documento que comporte todas as etapas do funil e as ações envolvidas, de modo a garantir que o setor de RH sempre saiba em qual momento o processo seletivo está, o que também facilitará o reconhecimento de oportunidades de implementação de melhorias.

Acredite: com uma estrutura detalhada, o risco de ocorrerem erros ao longo dos estágios de R&S será reduzido.

3. Crie um plano de ação para as vagas

Após identificar os resultados que devem ser alcançados no preenchimento das posições em aberto, o passo seguinte é a criação de um plano de ação para atingi-los. Nesse momento, avalie quais são os canais aos quais a empresa recorre para encontrar talentos e estabeleça as estratégias que serão colocadas em prática em cada um deles.

4. Centralize as informações

Outra medida essencial é centralizar — e organizar — todas as informações do processo seletivo, evitando que os profissionais responsáveis por conduzi-lo percam tempo buscando dados “perdidos”. Inclusive, ter esse cuidado viabiliza uma tomada de decisão mais bem fundamentada, o que eleva a precisão das atividades de R&S e reduz as chances de falhas.

5. Conte com o suporte de uma consultoria especializada

Uma gestão de vagas bem-feita pode envolver certa complexidade, o que torna interessante contar com o suporte de uma consultoria especializada, como a SERES. Atualmente, atuando em âmbito nacional e atendendo a empresas nacionais e multinacionais dos mais variados segmentos, a Seres é uma das principais consultorias de Recursos Humanos do país, com soluções em contínua evolução.

O propósito é conectar organizações e pessoas por meio de um atendimento humanizado e de processos eficientes, customizados e de ampla abrangência.

Como vimos, a gestão de vagas é uma atividade essencial para garantir processos de R&S mais bem estruturados, o que não somente auxilia a assegurar contratações mais assertivas — e em prazos mais curtos —, mas também ajuda a entregar uma experiência mais positiva aos candidatos que participam da seleção. Ou seja, os resultados beneficiam ambas as partes.

Agora, aproveite para conhecer a nossa solução de Recrutamento e Seleção e descubra como podemos tornar o seu processo muito mais eficiente, assegurando a identificação do candidato ideal e que esteja em sintonia com os valores e com a cultura do seu negócio.

ebook headhunting
BannerChecklist 02 v4
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Nestes 60 anos de Grupo Seres, o mundo transformou-se, e nós, como verdadeiros especialistas em gente, evoluímos junto com ele.  Para marcar esta ocasião especial, vamos embarcar em uma viagem nostálgica, destacando fatos marcantes e curiosidades que pontuaram a história. Acompanhe-nos nesta celebração: