Qual a relação entre cultura organizacional e liderança? Descubra!

cultura organizacional e liderança

Liderança e cultura organizacional são fatores relevantes para o crescimento de uma organização, tendo em vista que elevam a competitividade dos negócios. Além de trazer vantagem competitiva, os dois componentes são importantes para motivar e engajar colaboradores. Eles são cruciais para a criação de uma base sustentável e para a elevação da produtividade.

Ambos beneficiam a performance dos gestores e de outros profissionais dos mais variados setores. Por isso, devem ser difundidos pelos líderes, de modo que os colaboradores apliquem esses conhecimentos em suas rotinas. Neste post, vamos explicar melhor qual é a relação entre cultura organizacional e liderança, bem como qual é o papel do líder dentro empresa.

Deseja compreender melhor o assunto? Continue a leitura!

Qual é o conceito de liderança?

O conceito de liderança se refere à habilidade que os líderes empresariais desenvolvem para oferecer inspiração e motivação aos seus subordinados. Esses profissionais realizam atitudes práticas, que são comuns para alguém que decide ser um líder, por exemplo, conduzir e influenciar os times para o cumprimento dos objetivos da organização.

A equipe participa do processo de desenvolvimento, conduzida pela liderança, que não deve ser confundida com a figura do chefe. As atribuições desses profissionais são bem diferentes, porque as chefias costumam manter o foco na autoridade, enquanto os líderes se importam com a coletividade. Os líderes são influenciadores de pessoas.

Um líder é um colaborador que consegue atrair todos os seus colegas e guiá-los de modo inspirador. Eles transformam o ambiente ao seu redor e caminham ao lado dos demais colaboradores, auxiliando-os para alcançarem resultados positivos em suas funções. A liderança toma decisões para facilitar o cotidiano dos outros profissionais que dependem de suas instruções.

O que é a cultura organizacional e qual é a sua importância?

A cultura organizacional define como será o ambiente de trabalho de determinada organização, pois está relacionada aos valores, costumes, práticas e modo de interação entre os profissionais. Trata-se de um conjunto de aspectos recorrentes dentro de um espaço empresarial, determinados e aplicados pelos colaboradores e seus líderes para criar um excelente clima organizacional.

Esse conceito define ou explica os comportamentos dos profissionais que trabalham nos diversos setores de uma corporação. A cultura facilita a rotina dos líderes, auxilia na tomada de decisão e aponta as melhores soluções para adaptações e melhorias. É ela que define como uma empresa se apresenta no universo corporativo e no mercado de trabalho, e causa impactos positivos.

A cultura e as políticas internas sofrem influências por parte das lideranças. Por exemplo, um líder centralizador e coercitivo pode atrapalhar e criar um ambiente nocivo para os seus colegas. Afinal, ele vai se relacionar com os times e pode dificultar a inovação ou as mudanças de hábitos. Já a liderança democrática e treinadora promove transformações saudáveis.

Qual é a relação entre cultura organizacional e liderança?

Uma cultura organizacional sólida usada pela liderança ajuda a elevar a satisfação e o engajamento dos times. Os colaboradores que percebem fazer parte de um propósito desempenham as tarefas com sinergia e obtêm resultados melhores juntamente com a equipe.

A seguir, veja outros pontos que demonstram a relação que há entre os dois conceitos.

TrabalhoRemoto

Uso de técnicas motivacionais

A motivação é uma atribuição dos líderes dentro da organização, os quais exercem papel essencial para a elevação das taxas de desempenho dos times. Contudo, o estabelecimento de uma cultura organizacional motivacional também depende da equipe. A felicidade, que é um fator determinante para propiciar o engajamento, depende da cultura e da condução dos líderes.

Os colaboradores alegres agem proativamente e trabalham com mais vontade, em vez de fazer somente o necessário. Vale destacar que para ser bem-sucedido não é preciso ter muita riqueza ou status social, basta ter atitudes positivas, ser persistente, encontrar bons motivos para investir no aprendizado e ter capacidade de encontrar um significado nas atividades do cotidiano.

Promoção do autoconhecimento dos profissionais

Os colaboradores conseguirão permanecer focados em suas metas, se houver o incentivo ao autoconhecimento. A liderança, por sua vez, precisa conhecer os seus pontos fracos e fortes, assim como as fraquezas e as forças da equipe. Isso acontece se forem dados feedbacks detalhados e honestos para os líderes e para os funcionários.

Promova o autoconhecimento na sua empresa, estabeleça metas atingíveis que tragam desafios, mas não ultrapassem a capacidade produtiva dos times. Crie uma rede de comunicação eficaz, que possibilite à equipe discutir competências e habilidades, fazer colocações, expressar suas opiniões e fornecer sugestões de melhorias. Acredite, a cultura organizacional interfere no comportamento de todos os profissionais.

Absorção de novas regras de convivência

Até pouco tempo atrás, as organizações precisavam apenas coordenar tarefas e trabalhadores, que eram inseridos em departamentos. Os colaboradores, muitas vezes, nem tinham contato com as lideranças. Entretanto, com o passar do tempo, os líderes entenderam que, para o negócio sobreviver, é essencial monitorar os ambientes externo e interno. Novos padrões foram absorvidos e culturas eficientes construídas.

Essa absorção de novos padrões tornou as organizações mais complexas e conferiu a elas personalidades próprias, com líderes que impulsionam a execução das atividades diárias. A cultura organizacional deve se encaixar em valores sociais, normas de convivência e outros regramentos internos. Sendo assim, um líder liberal consegue fazer alterações de forma saudável, por ter o foco nas pessoas.

Capacidade adaptativa dos líderes

A comunicação entre o time e seu gestor facilita o reconhecimento de pendências de desempenho, pontos altos, capacidade adaptativa e necessidades de quem atua em determinado ambiente. Ao usar a cultura organizacional alinhada a essas informações, fica mais fácil superar as dificuldades do dia a dia, principalmente se a intenção do líder é contribuir para o desenvolvimento individual dos demais.

Aumento da produtividade dos times

A liderança e a cultura organizacional que se baseiam no espírito de coletividade permitem a manutenção dos relacionamentos e do engajamento entre as equipes. Aplique pesquisas para descobrir como é possível aumentar a produtividade e de que maneira os colaboradores podem ser incluídos nas tomadas de decisões dos líderes. Colete informações de maneira anônima, para possibilitar as críticas.

Definição dos propósitos inovadores

Defina os propósitos da cultura organizacional e tenha um diálogo aberto com a sua equipe. É importante saber delegar tarefas, porém, se relacionar com os subordinados é indispensável para o sucesso do time. Esteja aberto para ouvir novas ideias que possam privilegiar e otimizar o potencial de todos os colaboradores envolvidos.

Compreende qual a relação entre cultura organizacional e liderança? É muito importante os líderes fortalecerem a divulgação desses valores, uma vez que esse incentivo melhora o desempenho das empresas. Compartilhe os seus objetivos com o time, seja transparente e ofereça compensações, treinamentos, cursos de aperfeiçoamento e muito mais.

Gostou deste conteúdo? Então, curta a nossa página no Facebook e confira as nossas publicações!

ebook headhunting
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp