Como usar o LinkedIn corretamente?

Como usar o Linkedin corretamente?

 

É notório que as redes sociais hoje tem papel fundamental para o desenvolvimento das relações pessoais, e também das profissionais. Dentre diversas opções, o LinkedIn tem se tornado um grande aliado das empresas na hora da contratação de novos colaboradores. Com mais de 500 milhões de usuários, a plataforma surgiu quase como um banco de currículos online, em que as pessoas apenas preenchem seus perfis com suas experiências. No entanto, sua funcionalidade ganhou novas diretrizes e, atualmente, é possível expandir os contatos profissionais e demonstrar interesses e habilidades. Por isso, naturalmente, nem todos saberão como usar o Linkedin. 

O LinkedIn se tornou uma comunidade profissional e, através dela, você pode, por exemplo, compartilhar artigos, publicar conquistas profissionais, textos e projetos. É possível também se relacionar com colegas, pessoas que tenham o mesmo interesse que você, potenciais empregadores e empresas de sua área de atuação. É uma plataforma ideal para exercer o networking. Mas antes disso, é importante saber como criar uma conta de modo eficiente e assertivo. 

 Por ter ser uma rede profissional, o ideal é transmitir seriedade e conter suas informações profissionais importantes. Mas esteja atento, não se trata de somente jogar esses dados e colocar uma foto vestindo terno que vai fazer com que você saia recebendo propostas. É preciso fazer com que seu perfil se destaque.

 

Como usar o LinkedIn corretamente?

Se você está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho, então, o LinkedIn pode ser um forte aliado, se utilizado em seu pleno potencial. Nesse sentido, é preciso conhecer recursos que muitas vezes não recebem a devida atenção.

Pensando nisso, listamos algumas dicas  de como usar o Linkedin para que você usufrua da ferramenta de uma forma eficaz.

 

Foto

Começamos justamente pela foto para explicar melhor o que já dissemos. Nela, você deve estar vestido como quem vai ao trabalho – na área do seu interesse. No início do texto, citamos o terno. Essa é uma peça de roupa que naturalmente transmite seriedade, mas, talvez, para alguém que esteja começando na área de publicidade, por exemplo, valha mais a pena vestir uma roupa confortável e que transmita a impressão de estilo, algo valorizado neste nicho. O sentido geral é esse.

Mais uma dica: não recorte uma foto em que esteja com alguém. Não pega mal se dedicar para produzir a foto de perfil, pelo contrário. Escolha a roupa e o cenário com cuidado. Lembre-se, vai funcionar como a primeira impressão, é bom caprichar.

 

Troque a foto de capa

Além de uma foto pessoal atualizada, é interessante alterar a foto de capa, dando mais personalidade ao seu perfil. Por isso, escolha uma imagem apropriada às suas relações profissionais.

 

URL

Assim que seu perfil é criado na rede, o LinkedIn gera uma URL (um endereço virtual) da sua conta. Essa URL automática, normalmente composta por números, é personalizável. O usuário pode, e deve, fazer isso. Esta simples mudança aumenta as suas chances de ser encontrado.

Abaixo explicamos como personalizar:

  • Clique no ícone “eu”, que fica na parte superior e escolha a opção “Visualizar perfil”.
  • Na tela que se abre, na parte superior direita, tem três caixas. Clique na do meio, “Editar perfil público e URL”.
  • Na página, clique no ícone de lápis que aparece abaixo da URL que está sendo usada e faça a troca, de preferência, para seu nome e sobrenome.

 

 Otimize seu perfil com palavras-chave

Para ser encontrado, utilize em várias seções do seu perfil termos relevantes que possam ser procurados no mecanismo de busca.

 

Mantenha seu resumo de perfil atualizado

Crie uma rotina e deixe atualizados seus objetivos, suas experiências, seu atual emprego e cargo, inspiração profissional, cursos concluídos e, principalmente, informações de contatos.

Jogar os cargos que ocupou na descrição não é o melhor caminho, é preciso pensar em chamar atenção e, com informações genéricas, isso geralmente não acontece. É realmente como em um currículo, seja minucioso sobre suas experiências e o que fez de destaque nelas.

Para um jornalista, por exemplo, dizer que foi repórter em tal jornal tem bem menos peso do que detalhar em quais editorias trabalhou, assuntos que se especializou, se participou de coberturas de destaque e propôs inovações que geraram resultados.

 

Interaja: curta, compartilhe e publique

Organize-se e dedique algum tempo à interação na rede. Responder a comentários e participar de discussões são formas de se destacar e estreitar relacionamentos. Não se esqueça de compartilhar conquistas, cursos, especializações e eventos do ramo que você atua.

 

Participe de grupos

Desta forma, você acompanha discussões de seu interesse, faz conexão com pessoas com os mesmos objetivos e compartilha conhecimento.

 

Não abandone a rede

Não é incomum que a pessoa crie um perfil no LinkedIn, despeje as informações profissionais e, depois de poucos meses, sem receber nenhuma proposta, não volte. O perfil continua lá e recrutadores podem acabar passando por ele. E, nesse caso, facilmente poderão perceber que está desatualizado, passando a impressão de que essa parte da vida profissional foi deixada de lado.

Por isso, sempre que houver alguma novidade relevante, acrescente. De tempos em tempos, atualize a foto e, se possível, siga a próxima dica:

 

Disponibilize conteúdos próprios

Adicione ao seu perfil materiais como fotos, vídeos, documentos e apresentações. Assim, você oferece amostras do seu trabalho às empresas contratantes.

Cada vez mais o LinkedIn se torna um espaço de produção de conteúdo. Os artigos vêm ganhando atenção e essa é uma ótima oportunidade pra você mostrar o que sabe sobre a sua área. Assim, demonstrará autoridade no assunto e chamará atenção, mantendo o perfil constantemente atualizado.

 

Utilize filtros para encontrar vagas

A plataforma permite que você busque ofertas disponíveis. Com a busca avançada, você pode filtrar por palavras-chave, localidade, data do anúncio, tipo de vaga, setor, entre outras atribuições. Outro caminho é acessar o menu Empregos ou visitar a página das empresas de seu interesse e checar se há alguma vaga disponível.

 

Faça conexões

Relacione-se com pessoas que agreguem à sua rede e estejam alinhadas aos seus objetivos. Na plataforma, as conexões são classificadas por nível de proximidade: 1º grau (conexões diretas), 2º grau (pessoas conectadas às suas conexões de 1º grau) e 3º grau (pessoas conectadas às suas conexões de 2º grau).

 

Atenção às recomendações

Pessoas que já trabalharam com você podem escrever avaliações sobre seu desempenho, que ficarão disponíveis em seu perfil.

 

Transforme seu perfil em PDF


Você pode converter o seu perfil do LinkedIn em um currículo em formato de PDF. Essa é uma opção para quem não possui um currículo bem elaborado.

Agora que você já sabe como usar o LinkedIn corretamente, sabe da importância dessa rede para a ampliação de contato profissional e, principalmente, para demonstrar o seu potencial, não fique de fora. Destaque-se na plataforma e conquiste novas oportunidades!

 

Gostou desse conteúdo de como usar o LinkedIn? Então, continue acompanhando o blog do Grupo SERES para mais dicas importantes e nos siga no Linkedin para acompanhar vagas e outros conteúdo da área de RH!

Se você está procurando uma oportunidade, cadastre seu currículo aqui.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp