Guia para implementar um programa de estágio em sua empresa

programa de estágio

Já pensou em implementar um Programa de Estágio na sua empresa? Muito se fala em atração de talentos, no entanto, é importante pensar que, muitas vezes, esses talentos ainda nem começaram a atuar no mercado de trabalho. Por essa razão, é necessário criar oportunidades para que esses profissionais deem início às suas carreiras e possam aprender mais sobre a sua profissão na prática.

Nesse momento, uma das estratégias de RH precisa estar voltada para a prospecção de estagiários que tenham o perfil exigido da vaga. Dessa forma, as contratações passam a ser mais eficazes e o profissional escolhido consegue atender melhor às expectativas, uma vez que possuirá as competências alinhadas às estratégias organizacionais da empresa.

É nesse momento que o Programa de Estágio se faz importante. Por isso, elaboramos esse guia completo para você entender como ele funciona e como implementá-lo no seu negócio. Continue a leitura deste artigo até o final e saiba tudo sobre o assunto!

O que é Programa de Estágio?

O Programa de Estágio nada mais é que uma ferramenta organizacional que ajuda a empresa a encontrar profissionais qualificados no mercado e que estejam alinhados à sua missão. Nesse sentido, ele facilita a identificação de talentos, auxiliando no desenvolvimento de habilidades que permitem que o profissional tenha sucesso dentro do negócio.

Isso significa que o Programa de Estágio mostra aos novos contratados que há chances reais deles serem efetivados, desde que desempenhem um bom trabalho dentro do seu setor. Dessa forma, os estagiários se motivam a melhorar a sua prestação de serviço e se tornam mais engajados com os resultados da empresa — logo, conseguem produzir mais e melhor.

Vale destacar um item importante da Lei nº 11.788/2008: o estágio do profissional só pode durar entre 6 meses a 2 anos, pois ele é visto como ato educativo escolar, sendo assim, o vínculo empregatício dos demais funcionários é diferente em alguns aspectos.

Qual a importância do Programa de estágio para a empresa?

O Programa de Estágio é uma via de mão dupla. A partir do momento que você desenvolve esse programa, com uma estrutura bem planejada — desde a construção da divulgação da vaga até a definição de como os estagiários desenvolvidos dentro da empresa —, é possível formar um profissional preocupado com o crescimento da organização.

Ao mesmo tempo que você ganha em resultados, o estagiário ganha em conhecimento e experiência. Com o passar do tempo, ele não só conhecerá as ferramentas disponíveis na empresa, mas também os clientes e os processos que envolvem toda a rotina de trabalho. Com isso, eles conseguem até mesmo pensar em estratégias importantes e que podem fazer toda a diferença na hora de se destacar no seu segmento.

O Programa de Estágio ajuda os estagiários a se sentirem confortáveis para apresentar suas ideias e, inclusive, tomar iniciativa e explorar novas possibilidades nas suas atividades. Assim, eles também conseguem evoluir profissionalmente e se sentir seguros para executar suas funções com excelência.

Por que se preocupar com a contratação de estagiários?

Toda empresa deseja atrair e reter talentos, uma vez que eles são figuras indispensáveis para o sucesso de qualquer negócio. No entanto, existem outros fatores que mostram por que você deve se preocupar com a contratação de estagiário em sua companhia. Veja, a seguir, quais são eles.

Novas ideias

Na maioria das vezes, os estagiários contratados são jovens que estão no início da sua vida profissional. Logo, eles chegam na empresa animados, com novas ideias, antenados às inovações tecnológicas e, em alguns casos, até trazem concepções de novos métodos de trabalho — é claro que para eles terem toda essa confiança de apresentar o que pensam a respeito dos processos da empresa é preciso que deem a eles a liberdade necessária, mas se isso acontecer, a organização só tem a ganhar.

Os estagiários podem ser também a “ponte” necessária para unir as práticas já validadas dos profissionais mais experientes às inovações. Tudo isso sem deixar de lado os valores da empresa.

Redução de custos

Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar que os estagiários têm alguns direitos trabalhistas semelhantes aos colaboradores contratados em regime de CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Por exemplo, a cada 6 meses trabalhados, eles têm direito a 15 dias de recesso e podem ter registro em CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Vale destacar que o estagiário, quando contratado, entra na empresa sem precisar realizar o processo seletivo, diferente do regime CLT. Para você ter uma noção melhor do que estamos falando, o processo seletivo envolve vários custos, desde campanhas de divulgação até outros custos indiretos, como a necessidade de adaptar a alguma infraestrutura da empresa para realizar o processo de seleção. Enfim, quanto mais longo é esse processo, maior será o investimento — tudo isso é simplificado com o Programa de Estágio.

Caso o estagiário tenha um bom desempenho, ele pode ser efetivado no cargo. Nesse momento, a empresa evita gastos com treinamentos, uma vez que o profissional já está apto para exercer suas funções.

Além disso, os custos para a empresa são reduzidos porque eles são contratados na condição de profissionais aprendizes. Sendo assim, os estagiários recebem bolsa-auxílio com uma remuneração menor.

Busca de crescimento

Todo estagiário sabe dos benefícios que pode ter se desempenhar seu trabalho com dedicação. Portanto, quanto mais ele aperfeiçoar seus conhecimentos e investir no seu crescimento profissional, mais chances ele terá de fazer parte do quadro fixo de colaboradores da empresa.

Ele sabe que precisa aproveitar ao máximo essa oportunidade, por isso, sempre se dedicará ao máximo em cada projeto e em cada função que exercer. Bons estagiários costumam ir além do que lhe é pedido, uma vez que entendem que todo esforço valerá a pena para a sua carreira.

Mais segurança na contratação

Os riscos que a contratação de um estagiário oferece são mínimos, principalmente em relação às suas exigências formais ou adequação à vaga. Isso porque a apresentação de documentos que comprovam a sua matrícula em uma escola ou faculdade são indispensáveis para a assinatura do contrato.

Além disso, a empresa precisa fazer um acompanhamento supervisionado das atribuições do estagiário, a fim de assegurar o seu rendimento profissional. Logo, há uma garantia maior de que os resultados serão satisfatórios.

Quais os benefícios do Programa de Estágio?

Depois de entender a importância de um Programa de Estágio, queremos mostrar a você o que a sua empresa tem a ganhar ao implementá-lo. Conheça agora os principais benefícios que ele oferece.

Novos talentos

Muitos jovens desejam entrar no mercado de trabalho, mas a sua pouca ou nenhuma experiência, muitas vezes, os impedem de dar o seu primeiro passo na carreira profissional. Para as empresas, o Programa de Estágio aparece como uma excelente oportunidade de encontrar ou descobrir novos talentos, os quais futuramente podem compor o quadro de funcionários fixo da organização.

Descobrir novos talentos significa ter a oportunidade de sair na frente da concorrência, uma vez que esses profissionais trarão uma visão mais inovadora para os processos e estratégias do negócio.

Parcerias de ensino

Ao investir em um Programa de Estágio, a sua empresa, basicamente, será uma parceira de ensino das instituições. Convenhamos: não há nada melhor para aprimorar o conhecimento de alguém do que o ensino prático. Teoria é algo importante, sem dúvidas, mas a prática leva a pessoa à perfeição — ou quase isso.

Logo, à medida que o estagiário passa mais tempo dentro da empresa, vivenciando os processos e a rotina empresarial, fica mais fácil para ele absorver o conteúdo ministrado em sala de aula.

Suponhamos que a sua empresa precisa de um estagiário para auxiliar na área jurídica. Aqui, o estudante de Direito terá a oportunidade de criar petições iniciais, contestações, entre outros trabalhos jurídicos. Na hora de realizar uma prova na faculdade, por exemplo, ele terá mais facilidade para responder questões que envolvem o tema que ele está habituado a praticar na empresa. Percebeu o quanto o seu negócio também pode contribuir para a aprendizagem?

Multiplica conhecimento

Com o auxílio do Programa de Estágio, além de contratar o estagiário, a empresa contribui para o desenvolvimento do seu perfil profissional de acordo com os valores e missão da organização. Dessa forma, ela consegue multiplicar o conhecimento sobre as competências esperadas, formando um profissional apto para realizar suas funções e, ainda, pronto para encarar qualquer desafio que surgir.

Renovação experiente

Com o Programa de Estágio, as renovações contratuais passam a ser mais experientes. Como assim? Calma, vamos explicar. Ao realizar a contratação de estagiários para o seu quadro fixo, é possível “renovar” o contrato de trabalho com alguém que já tem uma boa bagagem na sua área de atuação. Isto é, no período de estágio, o profissional adquiriu todo o conhecimento necessário para crescer dentro da empresa.

Após efetivá-lo, ainda existe a possibilidade desse “ex-estagiário” rever todos os processos e desenvolver novas habilidades à medida que ensina os próximos estagiários.

Agrega valor à empresa

Empresas que agregam valor atraem cada vez mais talentos interessados em fazer parte do seu quadro de funcionários — e, nesse quesito, não estamos falando apenas de vagas de estágio. Isso porque esse tipo de programa ajuda o estudante a construir sua carreira, seja dentro da organização, seja fora dela.

Empresas que investem em Programa de Estágio são vistas como companhias que abrem oportunidades para quem está começando no mercado, que se importam com a carreira de seus colaboradores e que investem para que eles cresçam e se destaquem.

Pense da seguinte forma, ao procurar por um emprego, qual empresa o talento vai querer trabalhar: naquela que oferece um plano de carreira concreto e que dá chances para ele crescer, ou naquela que só precisa de um estagiário para ir ao banco e fazer outros pequenos processos administrativos?

headhunting
RecrutamentoDeSelecaoEstrategico H2

Motiva os demais colaboradores

O dia a dia de uma empresa nem sempre é tranquilo. Há dias que os colaboradores precisam se esforçar mais para cumprir prazos, alcançar metas e melhorar os resultados. Nessa avalanche de demandas, eles se sentem sobrecarregados até mesmo com as atividades mais simples.

É nesse momento que o estagiário aparece como a solução perfeita. De início, esse profissional começará a executar funções mais simples, e isso é perfeitamente normal, à medida que o tempo passa e ele começa a ser mais confiante, outras tarefas mais complexas podem ser repassadas a ele.

Mas o que queremos dizer aqui é que o estagiário ajudará a tornar a rotina dos seus colaboradores mais leves. Logo, os funcionários ficarão menos estressados e se sentirão mais motivados para executar suas funções, uma vez que terão todo o suporte necessário para garantir que tudo sairá conforme o esperado.

Como implementar o Programa de Estágio?

Vamos à parte mais importante deste artigo: a implementação do Programa de Estágio na sua empresa. Nesse momento, você precisa contar com profissionais experientes e que tenham um bom conhecimento para não cometer nenhum erro que possa trazer prejuízos ao orçamento e à imagem do seu negócio.

A seguir, daremos as principais dicas para fazer essa implementação da maneira correta.

Defina quem será o responsável pelo programa

É importante ter em mente que o trabalho do estagiário precisa ser supervisionado. Isso não significa que ele “não sabe fazer as coisas”, mas sim que ele está em fase de aprendizagem e precisa receber todo o suporte necessário para executar suas funções da melhor maneira possível. Sendo assim, é preciso definir quem será o responsável pelo Programa de Estágio.

Ele deverá conhecer a Lei do Estágio e analisar as oportunidades de vagas, a fim de impedir que erros comuns aconteçam, como direcionar o novo estagiário para uma área de atuação que ele não tem habilidade.

Estabeleça o perfil do estagiário

Feito isso, é hora de decidir qual o perfil de estagiário que a empresa precisa nesse momento. Aqui, o gestor do setor e o RH precisam conversar para alinhar as expectativas e definir quais serão os pré-requisitos para o preenchimento da vaga. Entre os principais deles podemos citar:

  • turno e horário de estudo;
  • cursos e habilitações;
  • semestre que está sendo cursado;
  • conhecimentos técnicos e habilidades;
  • perfil comportamental e emocional.

É importante frisar que esses pré-requisitos ajudam a garantir que o estagiário atenderá as expectativas da empresa e fará um bom trabalho. Além disso, também será necessário disponibilizar treinamentos e capacitação complementar para assegurar o bom desenvolvimento do profissional.

Faça um planejamento de todas as etapas do processo

Tudo em uma empresa precisa de planejamento, e com o Programa de Estágio, isso não é diferente. Afinal, estamos falando de um profissional que fará parte do dia a dia da organização e estará a par de todos os processos e estratégias utilizadas para prospectar clientes e crescer.

Após definir o perfil do candidato, é necessário fazer a triagem dos currículos, a fim de eliminar aqueles que não atenderam os pré-requisitos.

Na fase da contratação é preciso pensar em dinâmicas e como a entrevista e a avaliação serão realizadas. Nesse momento, você pode contar com a ajuda de ferramentas de uso remoto e até mesmo softwares para auxiliarem no processo.

Faça uma integração eficaz dos estagiários à empresa

Normalmente, o estágio costuma ser o primeiro emprego das pessoas, ou seja, é o seu primeiro contato com o mercado de trabalho. Devido a isso, é importante que a equipe acolha e integre o estagiário na empresa.

Nesse momento, é necessário mostrar a ele como o negócio funciona, como é a rotina de trabalho, quem são os líderes de cada setor e, principalmente, qual será a sua função. Assim, é possível fazer com que ele entenda a importância do seu papel e a quem deve recorrer quando tiver alguma dúvida sobre os processos.

Deixe claro o valor que ele tem para que a empresa consiga alcançar seus objetivos, motivando-o a ter um bom desempenho dentro da organização.

Monitore os resultados e ofereça feedback

Agora, vamos falar sobre dois pontos muito importantes e que, infelizmente, muitos gestores deixam de lado: o acompanhamento dos resultados e o feedback. O estagiário precisa ter um acompanhamento para que suas habilidades sejam aprimoradas, a fim de contribuir para a sua formação profissional.

Nesse sentido, o Programa de Estágio desempenha um papel muito importante, pois por meio dele é possível ter a orientação necessária para saber como aprimorar o trabalho do estagiário e, se for o caso, corrigir eventuais falhas no processo — o que é algo perfeitamente normal para quem ainda está em fase de aprendizagem.

Não podemos esquecer do feedback, pois ele é essencial para a melhora do desempenho dos estagiários. Isso porque ele precisa saber se o que tem feito dentro da empresa está correspondendo às expectativas dos seus supervisores. Em suma, podemos afirmar que o feedback e o aprimoramento andam juntos, pois o estagiário não consegue aprimorar suas habilidades sem saber quais são seus pontos negativos e positivos.

É claro que estamos falando de um feedback construtivo, que não ofenderá e nem desmotivará o profissional, muito pelo contrário, fará com que ele queira verdadeiramente trabalhar para melhorar seus resultados.

Valorize o trabalho do estagiário

Além de contribuir para tornar a rotina de trabalho dos colaboradores mais produtiva, o estagiário também ajuda a empresa a melhorar seus resultados. Portanto, esse profissional precisa ser reconhecido e valorizado dentro da organização — mas como fazer isso? O primeiro passo é fazer com que ele participe ativamente até mesmo dos processos mais importantes.

Por exemplo, suponhamos que a empresa precisa pensar em uma estratégia para melhorar a sua prospecção de clientes. Nesse momento, é interessante contar com a ajuda dos estagiários, uma vez que eles podem trazer ideias inovadoras para a solução do problema.

Mesmo que eles não contribuam muito, o fato deles participarem de toda a elaboração da estratégia permite que eles se sintam mais valorizados e ganhem em experiência para que, na próxima vez, estejam mais atentos e tenham mais conhecimento para contribuir de alguma forma.

Como uma consultoria especializada auxilia nesse processo?

Como você pode perceber, implementar um Programa de Estágio em uma empresa não é uma tarefa fácil. Isso exige muito conhecimento e experiência para garantir que tudo saia conforme o esperado e sem infringir a Lei do Estágio.

Uma consultoria especializada vai garantir que tudo seja feito da melhor maneira, desde o processo seletivo e a identificação do perfil comportamental do estagiário até o desenvolvimento dele dentro da empresa. Além disso, ela também oferece outras vantagens, as quais listamos a seguir. Acompanhe.

Visão especializada

Quando uma empresa começa a crescer, o gestor precisa começar a delegar funções. Isso porque, devido à alta demanda, ele não consegue atender todos os departamentos. Dessa forma, ele começa a contratar mão de obra especializada para cumprir cada função.

O que acontece é que, muitas vezes, o serviço de alguns setores pode ser terceirizado, como é o caso da implementação do Programa de Estágio. A consultoria, por exemplo, terá uma visão especializada no assunto.

Com isso, esses profissionais conseguirão ter mais facilidade e rapidez para identificar problemas, erros e oportunidades que não foram vistos pela equipe da empresa. Portanto, além de otimizar o processo de implementação, também é possível melhorar a produtividade das equipes.

Otimização dos custos

Há quem pense que contratar uma consultoria especializada é algo muito oneroso, no entanto, este tipo de pensamento está completamente equivocado. Quando falamos em investimentos, precisamos pensar no longo prazo. Quanto custa um colaborador ou até uma equipe de funcionários para a empresa? Você, como gestor, sabe que é preciso manter não só o salário dessas pessoas, mas também outros custos que são direito delas, como FGTS, INSS, férias etc.

Além disso, nem sempre os próprios colaboradores dominam com precisão os processos de implementação do Programa de Estágio — e é aqui que mora o perigo, pois qualquer erro pode levar a empresa a ter problemas, principalmente em relação aos direitos trabalhistas. Ao colocar tudo isso na “ponta do lápis” é possível compreender que a contratação de uma consultoria especializada é um ótimo investimento para a empresa.

Olhar imparcial sobre a instituição

Uma consultoria especializada olhará para a sua empresa como um todo, sem parcialidade, a fim de identificar quais são os pontos de conflitos que podem trazer problemas no futuro. Dessa forma, conseguem também trazer soluções mais eficientes para ajudar os gestores a terem um melhor direcionamento nas suas tomadas de decisões.

Um Programa de Estágio bem implementado ajudará a sua empresa a melhorar seu processo de seleção, contratando talentos que farão toda a diferença enquanto estiverem trabalhando na organização. Além disso, especialistas saberão como investir em diversidade, motivação e desenvolvimento das habilidades. Acredite, esse é um investimento que permitirá que a sua empresa colha bons frutos por muitos anos.

Precisa de ajuda para implementar o Programa de Estágio na sua empresa? Entre em contato conosco e saiba mais sobre nossa solução — afinal, somos especialistas em gente e queremos contribuir para o sucesso do seu negócio.

ebook headhunting
BannerChecklist 02 v4
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Nestes 60 anos de Grupo Seres, o mundo transformou-se, e nós, como verdadeiros especialistas em gente, evoluímos junto com ele.  Para marcar esta ocasião especial, vamos embarcar em uma viagem nostálgica, destacando fatos marcantes e curiosidades que pontuaram a história. Acompanhe-nos nesta celebração: