5 técnicas de recrutamento e seleção para um processo eficiente

tecnicas de recrutamento e seleção

É por meio das técnicas de recrutamento e seleção que o departamento de Recursos Humanos consegue identificar precisamente, entre os candidatos, quem são os indivíduos mais qualificados e com perfil alinhado à cultura organizacional da instituição.

Entre as metodologias comumente aplicadas nos tempos atuais, podemos citar o tradicional banco de currículo, o inovador uso de Inteligência Artificial e de plataformas digitais, a indicação de funcionários e, até mesmo, o suporte de consultorias por empresas especializadas, que tornam o processo muito mais rápido e eficiente.

Preparamos este conteúdo para você conhecer as principais técnicas de recrutamento e seleção que podem ser aplicadas pelo RH nos processos seletivos de sua empresa.

Continue a leitura do artigo para saber mais sobre o assunto!

1. Seleção interna

A seleção interna, embora seja um método muito tradicional, se mantém como uma técnica de recrutamento e seleção que tem se mostrado mais eficiente, quando realizada por profissionais competentes. Basicamente, o processo consiste em analisar, entre os talentos internos, quais colaboradores podem absorver demandas em aberto na organização.

Essa técnica pode ser muito bem aproveitada quando a empresa tem uma cultura organizacional que ofereça um bom sistema de avaliação para seus empregados e abranja um constante trabalho de plano de carreira.

Dessa forma, ao surgimento de cada nova oportunidade, a instituição já tem um leque de opções bem definido e segmentado para suprir suas eventuais necessidades. Com isso, os colaboradores se sentem mais seguros devido ao fato da empresa priorizar os talentos que já integram o time, em vez de aumentar a competitividade com profissionais de fora.

2. Inteligência Artificial

Você já deve imaginar que, com tantos avanços tecnológicos suprindo as mais diversas necessidades da civilização moderna, já existem formas de automatizar até mesmo os processos de recrutamento e seleção. O uso de Inteligência Artificial, por exemplo, é uma realidade presente em empresas com perspectiva de futuro e ligadas à transformação digital.

Robôs virtuais e chatbots têm sido usados para entrevistar candidatos nos estágios iniciais, coletando informações básicas e dados cadastrais. Assim, os agentes humanos do departamento de RH sofrem menos sobrecarga de trabalho e podem dedicar seu tempo e energia em questões mais estratégicas.

Vale mencionar que, hoje, existem plataformas completas de recrutamento e gestão de pessoas que podem ser encontradas no mercado, que oferecem uma infinidade de recursos para facilitar o trabalho da equipe de RH.

Lembrando de que a premissa não é substituir os profissionais de RH com a Inteligência Artificial. Muito pelo contrário, a ideia é usar o suporte da tecnologia para tornar os processos de recrutamento e seleção ainda mais humanizados, por meio da filtragem de candidatos com base no perfil e nos requisitos.

CTA Horizontal 10

3. Indicação de funcionários

Assim como mencionamos no primeiro item da lista, a indicação de funcionários é uma das técnicas de recrutamento e seleção que consiste em usar recursos internos em benefício das necessidades e demandas específicas da empresa. Essa metodologia tende a ser uma ótima forma de fazer a manutenção da qualidade entre os profissionais que já integram a equipe.

Quando a instituição oferece abertura para esse modelo de negócio, tanto os colaboradores quanto a própria organização são beneficiados. Afinal, os profissionais receberão indicações de pessoas que já conhecem a cultura organizacional e os processos internos. O que, de certa forma, já é uma forma de adiantar o processo de triagem e afunilar o perfil dos candidatos.

Contudo, é muito importante ressaltar, mais uma vez, que essa técnica só funcionará eficientemente, na prática, se a empresa fizer um planejamento consistente. Caso contrário, a indicação será uma mera aposta, sem qualquer critério. Como você deve imaginar, no competitivo panorama atual e no contexto do universo corporativo da era da tecnologia, não há margem para investir em apostas incertas. Portanto, as indicações por funcionários devem ser encaradas com seriedade pelo RH.

4. Mapeamento comportamental

Fazer análises de comportamento é uma tendência em ascensão quando o assunto é recrutamento e seleção, visto que, para garantir o sucesso, não basta somente contratar alguém que conte com habilidades técnicas e qualificações pertinentes às necessidades da vaga.

É preciso também que o profissional seja munido com expertises que vão além, como sede por conhecimento, inteligência emocional, interesse por inovação e tecnologia (uma característica indispensável para os tempos de transformação digital).

Dito isso, é importante que o RH se certifique de que o novo colaborador tem um perfil adequado à cultura organizacional da empresa, o que exige que seja aplicado um processo de recrutamento e seleção por competências. Nesse sentido, o mapeamento comportamental tem se mostrado altamente eficiente na hora de predizer tendências comportamentais e, por consequência, elevar o nível de assertividade das seleções.

5. Consultorias e headhunters

Uma ótima alternativa para o recrutamento de profissionais externos é o uso de consultorias de rh e headunters. Ambas opções têm como foco buscar os melhores e mais adequados talentos do mercado, de acordo com as vagas em aberto.

Ou seja, sua função é encontrar pessoas com o perfil desejado e alocá-las conforme as demandas, particularidades e necessidades específicas, por meio de minuciosos processos de triagem. Assim, a organização tem a garantia de que os melhores profissionais serão contratados para preencher as funções.

Já uma empresa especializada em recrutamento e seleção pode oferecer serviço de consultoria especializada, contribuindo para que os processos seletivos sejam feitos de forma muito mais rápida e eficiente, o que ajuda a otimizar o tempo.

Como você pôde conferir, há uma grande variedade de técnicas de recrutamento e seleção que podem ser colocadas em prática pelo departamento de RH, desde inovadores processos que envolvem o uso de tecnologia até metodologias tradicionalmente aplicadas no mercado de trabalho. Mostramos como funcionam os processos e quais benefícios oferecem tanto para os candidatos quanto para os empregadores.

Gostou do artigo? Então, provavelmente você também se interessará pelo SERES Assessment, uma poderosa ferramenta para desenvolvimento pessoal e profissional, retenção de talentos, criação de lideranças e outras demandas do universo corporativo!

CTA 4NH 04
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp