Entenda o que são os algoritmos de ordenação no recrutamento

algoritmos de ordenação

Os algoritmos servem para resolver problemas de várias áreas, inclusive do setor de Recursos Humanos (RH). Alguns esquemas podem conter descrições narrativas em linguagem conhecida, para a descrição de ações que solucionarão dificuldades. Por isso, nem sempre é preciso ter conhecimentos avançados para a sua criação e não existe um padrão a ser seguido.

Há diversos tipos de algoritmos de ordenação, com funcionamentos diferenciados. Por exemplo: Selection sort; Insertion sort; Bubble sort; Quick sort; Comb sort; Merge sort; Shell sort e Heap sort. Neste post, vamos explicar o que são e para que servem esses elementos na hora do processo de recrutamento e seleção, como funcionam e quais os seus benefícios.

Deseja conhecer os principais benefícios dos algoritmos de ordenação? Prossiga lendo este artigo!

Saiba o que são e para que servem os algoritmos de ordenação

Como já foi dito, o algoritmo de ordenação se trata de um esquema de resolução de adversidades. Os algoritmos de ordenação podem ser implementados com uma sequência de objetos ou valores, cuja lógica seja infinita. Eles são como uma receita culinária, porém, mais complexos, tendo em vista que revelam o passo a passo de procedimentos essenciais.

Algoritmos de ordenação são instrumentos usados pela ciência da computação, com base em elementos colocados em certa ordem ou sequência. A ordenação poderá ser parcial ou completa, após a manipulação dos dados numéricos e da lexicografia. Portanto, eles servem para conferir mais eficiência a processos ou estratégias organizacionais.

Vale destacar que esses algoritmos podem e devem ser ajustados com o tempo, de acordo com os objetivos do setor de Recursos Humanos da empresa. Com isso, se torna mais simples e prático otimizar o processo no decorrer do tempo, para obter os melhores resultados.

Descubra como funcionam os algoritmos de ordenação

Os gestores podem usar os algoritmos de ordenação para assegurar processos de recrutamento e seleção mais ágeis e acertados, por meio da Inteligência Artificial (IA), que contribui para isso. Com o auxílio desses esquemas, é mais fácil encontrar soluções para questões que são propostas durante a busca de novos talentos.

Objetivo

O objetivo dos algoritmos de ordenação é identificar uma solução para determinada situação e ajudar os gestores a perceberem qual é a melhor opção. Existem três formas para chegar à resolução de certos problemas enfrentados pelos líderes. Uma delas é a descrição narrativa, a qual foi mencionada no tópico anterior, e que pode ser interpretada de modos distintos.

Fluxograma

O fluxograma é outra maneira de representar algoritmos de ordenação. Nesse caso, a representação visual é criada com símbolos gráficos padronizados, que têm funções específicas e figuras geométricas. As representações eliminam as interpretações que ocorrem na descrição narrativa e mostram o fluxo do algoritmo. Esse tipo de algoritmo é usado para eliminar as ambiguidades.

Linguagem algoritma

Esse tipo de algoritmo é conhecido como Portugol ou Pseudocódigo, pois é a que mais se assemelha à estrutura de linguagens estruturadas. A linguagem algoritma soluciona problemas computacionais com algoritmos de ordenação que organizam a listagem de palavras ou números, conforme a necessidade do departamento de RH. Eles podem ser modificados se for necessário.

RecrutamentoDeSelecaoEstrategico H2

Compreenda como os algoritmos de ordenação atuam

Os algoritmos de ordenação auxiliam na interpretação e conferem valor às informações que a Inteligência Artificial (IA) analisa. As ações da IA nos procedimentos que envolvem a seleção e o recrutamento de candidatos são ordenadas e ranqueadas por esses esquemas, que apontam os melhores resultados aos gestores, que não precisam analisar pessoalmente todos os currículos recebidos.

A IA identifica e realiza a triagem dos currículos, apontando quais candidatos estão mais preparados para desempenhar determinada função. Os algoritmos ranqueadores permitem a avaliação matemática das respostas do candidato em relação à descrição da vaga e ao fit cultural do negócio. As soluções tecnológicas identificam os perfis aderentes e agilizam as contratações.

Entenda qual é a importância do preenchimento correto das informações

É muito importante preencher corretamente os dados sobre as vagas que serão oferecidas para o público. Esse fator garante que o ranqueamento dos algoritmos seja bem-sucedido, se forem registrados juntamente com as competências profissionais desejadas. A empresa pode fornecer informações sobre as rotinas do cargo e o candidato apontar a sua experiência profissional no mercado.

Confira os benefícios dos algoritmos de ordenação

A Inteligência Artificial é uma grande aliada dos gestores nos processos de recrutamento e seleção de novos talentos. Ao ser aplicada em conjunto com os algoritmos de ordenação, a IA oferece uma série de vantagens para os negócios. Se você quer descobrir quais benefícios pode obter ao usar essas soluções em suas rotinas, continue lendo este artigo!

Diminuição de custos

Uma das principais vantagens decorrentes dos algoritmos de ordenação é a redução de custos operacionais. As tecnologias aumentam a assertividade dos procedimentos seletivos feitos pelas equipes de RH, que são favorecidas com a IA. As despesas operacionais são reduzidas de modo considerável, enquanto há ganho de produtividade e os recrutadores podem se voltar para outras tarefas.

Os softwares de recrutamento e seleção reduzem os gastos para a divulgação das vagas e todas as etapas posteriores até a admissão do candidato. O processo seletivo pode ser realizado em um único local. Por outro lado, as contratações são bem-sucedidas e os índices de turnover diminuem, e não há mais despesas com a substituição de colaboradores.

Melhoria na experiência

Outro benefício que merece destaque e que provém dos algoritmos de ordenação é a melhoria na experiência dos candidatos. O uso da IA modifica a visão que os candidatos têm da organização, pois o processo fica bem definido ou claro assim que eles participam dos processos seletivos. Os talentos percebem que há abertura para a inovação e que receberão feedbacks com mais agilidade.

Contratações mais acertadas

Com os algoritmos de ordenação e IA, a seleção se torna mais eficaz por causa da democracia. Os esquemas que sugerem talentos são muito acertados e precisos para encontrar os melhores candidatos às vagas de trabalho. A solução torna o processo de contratação mais democrático, já que as avaliações não são baseadas apenas na experiência e na intuição do recrutador.

Inclusão da diversidade

As seleções efetuadas com o auxílio dos algoritmos de ordenação são baseadas em probabilidades, dados concretos, competências e habilidades, sem considerar aspectos pessoais. Portanto, a tecnologia elimina preconceitos e discriminações, bem como inclui as minorias, que geralmente são deixadas de lado por recrutadores humanos.

Agora, você já sabe o que são os algoritmos de ordenação no recrutamento. Eles podem ser usados na prática, desde que o gestor saiba escolher uma solução ideal que auxilie a empresa nesse sentido. As soluções ajudarão a economizar tempo e dinheiro, farão correlações simultâneas e encontrarão os melhores talentos do mercado.

Quer obter mais dicas interessantes? Curta agora mesmo a nossa página no Facebook e fique por dentro!

ebook headhunting
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp