8 competências profissionais mais requisitadas pelas empresas hoje

competências profissionais

Você já ouviu falar nas competências profissionais? Elas são um conjunto de conhecimentos e habilidades que um profissional adquire ao longo do tempo e que pode trazer benefício para a empresa e para a rotina do trabalho. Por isso, elas têm sido tão valorizadas pelas empresas.

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e, portanto, é extremamente importante compreender quais são as habilidades mais fundamentais dentro do contexto profissional — já que tê-las pode fazer com que você aumente as suas chances de conseguir cargos melhores.

Por esse motivo, neste post, listamos 8 delas para você conhecer e colocar em prática. Confira!

1. Autoconfiança

Uma das principais competências profissionais requisitadas pelas empresas hoje em dia é a autoconfiança. Isso porque um profissional confiante conhece o seu valor pessoal e as suas habilidades.

Esse comportamento pode inspirar os colegas de profissão, outros colaboradores e, até mesmo, os chefes. Além disso, quem é autoconfiante é capaz de confiar, respeitar e acreditar em sim mesmo.

Essa habilidade também envolve saber propor novas ideias ao mesmo tempo em que aceita desafios no trabalho, o que traz diversos benefícios para a empresa. Então, um colaborador que confia em si mesmo sabe que consegue alcançar objetivos e metas, além de mudar — e transformar — a sua realidade ou mesmo se tornar quem ele desejar ser.

2. Relacionamento interpessoal

O estabelecimento de bons relacionamentos interpessoais dentro da empresa é muito importante para que o clima organizacional seja favorecido. Isso se dá porque nós, como seres sociais, precisamos lidar com pessoas a todo o momento, seja em casa, no trabalho ou nos outros ambientes sociais.

Por esse motivo, essa é uma das competências fundamentais para qualquer negócio, já que o seu sucesso depende exclusivamente da união dos seus colaboradores — assim como da soma das suas habilidades. Então, desenvolvê-la contribui diretamente para que exista harmonia no ambiente no trabalho e para a empresa continuar crescendo.

3. Pensamento criativo

Por conta das diversas mudanças constantes do mercado de trabalho mundial, todo profissional precisa estar atento à inovação e desenvolver a criatividade para caminhar junto com a empresa.

Essa característica é uma das habilidades mais buscadas nos dias de hoje porque quem consegue desenvolvê-la mostra que tem uma mente aberta e consegue enfrentar as mudanças com mais facilidade.

Para desenvolver o pensamento criativo, uma boa dica é tentar ficar sempre atento às novidades — tanto da própria área de atuação quanto de outros assuntos relacionados.

Com isso, é possível compreender diferentes recursos de outros campos e tentar aplicá-los na realidade do trabalho. Assistir a programas de TV nunca vistos antes ou ler revistas diferentes pode fazer com que você desenvolva interesses completamente novos.

4. Comprometimento

Um profissional comprometido trabalha com prazer e tem consciência da importância que o seu serviço tem dentro da empresa. Essa habilidade se desenvolve na pontualidade, na apresentação de resultados positivos e no cumprimento da jornada de trabalho sem maiores problemas.

Comprometer-se com o ambiente de trabalho também envolve o compromisso do profissional com ele mesmo. É possível fazer isso ao buscar crescer como ser humano, ao aperfeiçoar as habilidades e ao sempre entregar excelência no desempenho das tarefas.

5. Foco em resultados

A procura por profissionais que apresente foco em resultados (ou que sejam orientados para apresentá-los) é grande. Esse perfil sempre olha para as suas atividades e pensa na linha de chegada, como se imaginasse um pódio, e tem em mente tudo o que ele precisa alcançar para atender aos objetivos do negócio.

CTA Lideranca 4.0 o que voce precisa saber sobre isso2

Esse tipo de colaborador sempre sabe o que procura e caminha em direção a isso — ou seja, não se perde pelo caminho. Ele costuma enxergar os objetivos, mesmo os de longo prazo, e trabalha pensando no que precisa conquistar ao final de cada dia de trabalho.

6. Liderança

A liderança é uma habilidade que a cada dia deixa de ser valorizada apenas nos chefes e gestores das empresas. Isso porque cada profissional tem um nível de influência dentro da organização e nas suas equipes de trabalho.

Um líder, portanto, deve ser responsável por assumir riscos e pelas suas atitudes, e conhecer os pontos positivos e negativos tanto de si mesmo quanto da sua equipe.

Além disso, um profissional que tenha desenvolvido o perfil de liderança é capaz de motivar e engajar os demais colegas na busca por um desempenho ainda melhor. Essa inspiração gera melhores resultados não só para o time quanto para a empresa como um todo.

Aqui, é importante lembrar que um líder — em qualquer posição dentro da instituição — orienta, protege, educa e representa a todos os seus liderados. Tudo isso sem se impor e com base no exemplo que dá e na confiança que consegue conquistar.

7. Inteligência emocional

Por estar cada dia mais desafiador e competitivo, o mercado de trabalho precisa de profissionais que tenham inteligência emocional para conseguir manter o equilíbrio e não deixar problemas pequenos afetarem o seu desempenho.

Existe uma pressão diária no ambiente corporativo, e esse motivo pode ser o agravador de problemas que mexem com a saúde mental — como o estresse e a ansiedade.

Geralmente, a inteligência emocional é manifestada na capacidade do colaborador de identificar e reconhecer os próprios sentimentos. Além disso, ela também pode ser classificada como a competência de entender o comportamento das outras pessoas, como os próprios colegas de trabalho.

8. Proatividade

A proatividade é uma habilidade que não poderia ficar de fora em uma lista sobre as competências profissionais mais valorizadas pelas empresas.

Ser proativo é ter iniciativa para colocar boas ideias em prática — as próprias ou de outros colegas — e agir sem precisar esperar por ordens de gerentes ou diretores. Isso ajuda a aumentar a produtividade do time.

Em outras palavras, um profissional proativo acompanha o ritmo do mercado e sempre contribui com sugestões e bons caminhos para que a empresa consiga alcançá-las.

Para potencializar essa habilidade no trabalho, uma boa dica é se colocar à disposição, estar preparado para ajudar em situações difíceis e deixar de lado a tendência natural de evitar os possíveis riscos que podem aparecer.

Como vimos, desenvolver competências profissionais é essencial para crescer como ser humano e ser um colaborador melhor para a empresa. A maneira mais eficiente de desenvolvê-las é por meio de cursos e treinamentos e, ao final, colocá-las em prática.

Essa também é uma boa forma de incluí-las no currículo: listar todas as atividades relacionadas a elas resumidamente.

Gostou deste conteúdo? Então, aproveite para saber o que é um perfil comportamental e descobrir qual é o seu!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp