7 dicas para conseguir sua recolocação no mercado de trabalho

recolocação no mercado de trabalho
78 / 100 SEO Score

A procura por um emprego é um desafio considerável, seja para quem está em busca de uma primeira oportunidade ou para quem já tem experiência, mas quer ser reinserido. Mesmo para aqueles com bastante tempo de atuação e ótima formação, conseguir uma recolocação no mercado de trabalho ainda pode ser uma tarefa bem complicada. Ainda mais devido à crise e ao período de pandemia.

Felizmente, existem algumas ações que você pode tomar para melhorar suas chances de encontrar um novo emprego, mesmo em condições mais difíceis. Será necessário um esforço extra, mas ele certamente vai compensar ao ajudar você a encontrar outra oportunidade em menos tempo e com melhor índice de retorno.

Para você se preparar melhor e acelerar sua recolocação no mercado de trabalho, listamos aqui algumas dicas que você pode colocar em prática logo. Confira.

1. Estabeleça novos contatos

Em geral, as melhores vagas de emprego não são abertas para o público, mas sim preenchidas por meio de uma seleção bem específica de candidatos e potenciais talentos. Um exemplo disso é a indicação feita por outro profissional, o que aumenta consideravelmente suas chances de ser bem-sucedido como parte do processo.

Sendo assim, se você deseja aumentar suas chances de ser chamado para uma entrevista ou melhorar sua reputação enquanto profissional, o melhor a fazer é trabalhar seu networking. Visitar locais e eventos nos quais você possa conhecer pessoas importantes que estejam na posição certa para dar novas oportunidades.

Como dissemos, isso vai exigir um esforço extra da sua parte, mas também aumenta consideravelmente as suas chances.

2. Faça cursos e desenvolva novas habilidades

Aumentar seu valor enquanto profissional é outra forma de melhorar suas chances de contratação, especialmente no momento atual. Devido à crise gerada pela pandemia, o mercado tem exigências muito diferentes atualmente das pedidas há alguns anos. Sendo assim, para poder se recolocar no mercado de trabalho, você terá que fazer algumas atualizações em suas competências.

Um bom ponto de partida é melhorar sua relação com a tecnologia digital, que tem um papel cada vez mais importante em toda rotina de trabalho. Outras opções são a renovação do seu conhecimento específico, aprofundar ou diversificar sua formação. Quanto mais você puder adicionar ao seu currículo, mais atenção dos contratantes e gestores você vai chamar.

3. Melhore seu currículo

Claro, nenhum número de diplomas é suficiente se o seu currículo em si não for bom. Nesse caso, estamos nos referindo ao documento que você entrega às empresas para elas avaliarem sua formação. Ele também precisa ser organizado e bem apresentável se você quer melhorar as suas chances de ser chamado para uma entrevista e, por fim, contratado.

Existem alguns pontos que você deve ter em mente ao avaliar a qualidade do seu currículo:

  • ele inclui todas as formações relevantes?
  • Seus dados pessoais (casa, telefone, nome etc.) estão atualizados?
  • As informações mais importantes estão nas primeiras páginas?
  • Há dados que são irrelevantes ou prejudiciais e que deveriam ser removidos?
  • A fonte e a formatação estão consistentes?
  • Há alguma personalização que seria útil para sua área de atuação (design, engenharia, administração etc.)?

Esses são apenas alguns exemplos. Se você começar a observar mais currículos, verá como a apresentação deles faz uma grande diferença na forma como eles são vistos.

4. Acompanhe as tendências do seu setor

Outro ponto importante, o qual nem sempre é lembrado, é a importância de estar sempre atualizado e acompanhar novas tendências da área. Um dos motivos para a recolocação no mercado de trabalho ser algo tão complicado é que, com o tempo, alguns profissionais caem em certos hábitos e têm mais dificuldade para se adaptar a novas demandas. Esse é um cenário que você deve evitar.

Pesquise sobre o posicionamento atual do seu setor e como ele deve afetar seu trabalho daqui para frente. Com isso, você pode começar a direcionar melhor os seus novos estudos, apostando em um ótimo desenvolvimento para se transformar no profissional ideal para o momento atual.

5. Apresente-se nos lugares certos

As rejeições são uma fonte de frustração muito grande para qualquer pessoa em busca de emprego, especialmente quem já apresenta experiência de mercado. Porém, isso tende a ser mais frequente para profissionais que não buscam as candidaturas certas.

Alguns setores tendem a contratar com mais frequência ou buscar um perfil específico de profissional. Ao entender essas diferenças, você consegue se posicionar de forma a melhorar seu desempenho e suas chances de ser notado, buscando empresas e setores que procuram por profissionais como você.

6. Pratique para uma boa entrevista

Se existe um fator que pode decidir a sua contratação é a entrevista de emprego. Mesmo os profissionais com mais competência técnica ainda precisam demonstrar um mínimo de habilidades de comunicação durante a entrevista, além de saberem se portar com segurança diante de situações formais. Afinal, todas essas são habilidades indispensáveis em qualquer carreira.

Há muitas coisas que podem influenciar em sua entrevista, como sua linguagem, sua roupa, ansiedade, entre outras coisas. É indicado que você pratique e encontre formas de diminuir seu estresse antes do momento. Quanto mais segurança você transmitir, melhores serão suas chances.

7. Seja flexível em suas candidaturas

Dificilmente você terá o emprego dos seus sonhos logo no começo. Mesmo os profissionais em recolocação ainda precisam subir alguns degraus antes de conseguirem a posição que desejam dentro de uma empresa. Sendo assim, você não pode chegar para uma entrevista com todas as exigências do mundo.

Ser flexível é a chave aqui. Estabeleça suas prioridades, aquilo que você considera desejável e os pontos nos quais você está disposto a negociar. É importante valorizar seu trabalho, mas sem eliminar totalmente o espaço necessário para se encaixar em diferentes ofertas. Além disso, se você estiver empregado, será mais fácil encontrar outros trabalhos melhores no futuro.

Agora que você tem essas dicas, é hora de começar a agir para facilitar sua recolocação no mercado de trabalho. Mesmo algumas pequenas mudanças de atitude são bem úteis para melhorar suas chances de encontrar o emprego que precisa.

Quer mais ajuda com essa tarefa? Então, visite o site do Grupo SERES e cadastre seu currículo em nosso banco de talentos agora mesmo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp