Vantagens e desvantagens da Terceirização

Vantagens e desvantagens da Terceirização

Com as mudanças trabalhistas ocorridas nos últimos tempos, uma previsão se faz presente entre os gestores: a contratação de mão de obra terceirizada ou temporária. Isso se deve aos incentivos políticos e legais que facilitam o aproveitamento desses tipos de força de trabalho.

Contudo, será que vale a pena recorrer à terceirização? Será que o rendimento de um trabalhador terceirizado ou temporário se assemelha ao de um funcionário com contrato CLT? Essa é uma pergunta comum e mostraremos sua resposta neste texto.

Qual o contexto da terceirização no Brasil?

Tradicionalmente, as contratações de terceirizados e temporários no Brasil focavam em setores como limpeza, manutenção, recursos humanos, tecnologia e vendas. Entretanto, com a aprovação da contratação de terceirizados para trabalhos-fim devido à Lei da Terceirização e a inclusão legal da contratação temporária na Reforma Trabalhista, esse cenário pode mudar.

Assim, funcionários contratados nesses modelos devem ganhar mais espaço nas empresas, o que nos remete a uma questão antiga: engajamento. Esse engajamento, ou adaptação à empresa, pode proporcionar experiências positivas ou negativas, de acordo com a fluidez do processo de incorporação ao ambiente laboral.

Quais são as vantagens da terceirização?

A seguir, veja uma série de vantagens que a terceirização pode oferecer tanto para a empresa quanto para os colaboradores.

Mais motivação

Quando o funcionário terceirizado tem uma boa adaptação ao ambiente de trabalho, ele se demonstra mais motivado em fazer suas funções. O que aumenta seu rendimento e, consequentemente, favorece a produtividade do negócio. Em certos casos, o funcionário se destaca tanto que a empresa contratante do serviço terceirizado ou temporário pode propor sua efetivação.

Foco no core business

A terceirização é popularmente usada para suprir demandas de menor importância para o foco da empresa — isto é, o core business da organização — e destinada a “atividades-meio”, como a limpeza, contabilidade, RH etc. Assim, a equipe de gestores e profissionais pode direcionar seu tempo, energia e intelecto para processos que realmente tragam resultados e lucros à companhia, ou seja, sua atividade principal.

Economia de recursos

Por ter menos contratações definitivas, a empresa pode reduzir seu espaço físico e infraestrutura para acomodar a equipe de colaboradores fixos. Com isso, há uma significativa redução de custos com manutenção e equipamentos. Ou seja, uma das vantagens da terceirização é a economia de recursos financeiros, sem abrir mão do crescimento contínuo.

Mais agilidade na tomada de decisões

Quando uma empresa contrata outra organização para terceirizar determinados serviços, um de seus objetivos é procurar por pessoas devidamente qualificadas em soluções para demandas específicas.

Sendo assim, digamos que um escritório de advocacia decide terceirizar seus departamentos de contabilidade e de Recursos Humanos, por exemplo. Ao procurar por esses profissionais, ele almeja que a organização contratada seja eficiente na execução desses serviços, visto que suas experiências são em advogar e, em teoria, não tem conhecimento em tais assuntos.

Assim, os gestores podem focar não apenas em sua atividade principal, conforme já mencionamos, mas também em seu processo de tomada de decisões, com base em fluxos de trabalhos e informações que fluem com mais agilidade e rapidez.

CTA Horizontal 10
CTA 5NV 04 1

E quais são as desvantagens da terceirização?

Agora que você já conhece as vantagens da terceirização, mostraremos alguns pontos negativos que esse formato de contratação pode trazer.

Sentimento de insatisfação

Em alguns casos, o empregado terceirizado ou temporário se sente deslocado no ambiente de trabalho, sem pertencer à equipe. Isso ocorre quando existe a recorrência de um tratamento diferenciado entre os contratados CLT e os demais funcionários da empresa. Essa falta de entrosamento gera insatisfação, o que pode refletir diretamente no desempenho daquele funcionário.

Para tentar resolver esse problema, é aconselhável que os gestores conversem com os funcionários terceirizados ou temporários, no intuito de conscientizá-los sobre a importância deles para a empresa. Também, é aconselhado negociar, com a empresa terceirizada, benefícios ou bonificações para os funcionários que se destacarem. Isso será como uma medida de motivação e reconhecimento do trabalho feito.

Não há como prever se o rendimento de um funcionário terceirizado ou temporário será satisfatório. Entretanto, sabemos que seu engajamento está intimamente ligado à sua adaptação e satisfação em desempenhar seu trabalho nas condições propostas. Portanto, criar e manter um ambiente de trabalho agradável e profissional é extremamente importante nessa questão.

Dependência dos serviços

Se não houver um bom planejamento em relação às atividades terceirizadas, a empresa pode acabar se tornando dependente da terceirização, o que levará o gestor a perder o controle e a ter dificuldades para mensurar o desempenho das atividades laborais.

Para evitar esse problema, é importante que a empresa mantenha uma comunicação clara e constante com a empresa que presta os serviços de terceirização e, é claro, para evitar correr o risco de perder a própria identidade.

Isso significa que, mesmo com a terceirização, é importante que o gestor mantenha políticas firmes, para que a organização não se esqueça de seu perfil e tampouco perca a autonomia do negócio. Em outras palavras, a terceirização deve ser apenas um complemento.

Dificuldade para o controle de qualidade

Por fim, um ponto negativo sobre a terceirização é a dificuldade para manter o controle de qualidade sobre determinadas atividades na empresa. Enquanto a organização se esforça para manter um nível de excelência em termos de performance e competitividade no mercado, os serviços terceirizados podem abrir margem para resultados problemáticos.

É por isso que se evita terceirizar determinadas funções na empresa, como o atendimento ao cliente, visto que essa é uma forma de expor o público a terceiros que podem não aderir à cultura organizacional e aos padrões rígidos de interação com o consumidor que a empresa preza tanto.

Como você pôde conferir, ao aderir ao formato de terceirização, a empresa se deparará com aspectos positivos e negativos. Para lidar com as desvantagens e usufruir ao máximo as vantagens desse tipo de contratação, é possível contratar serviços de consultoria de profissionais especializados em relações trabalhistas.

Caso você queira saber mais informações quanto às novas formas de contratação para sua empresa, entre em contato. O Grupo SERES tem expertise em questões trabalhistas e oferece as melhores soluções de RH para diferentes negócios!

CTA 4NH 04
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp