Estagiários e Trainees: a importância da contratação de jovens talentos

estagiários e trainees
80 / 100 SEO Score

Trazer novos colaboradores para a empresa é um desafio, mas é também um excelente investimento para seu negócio. Com colaboradores novos e talentosos, você pode trazer mais inovação para sua empresa, além de conseguir moldar um novo profissional para atender às necessidades do seu time. Para isso servem os programas de trainee e estágio.

Atualmente, surgem algumas dúvidas sobre a contratação de estagiários e trainees e as suas diferenças de funções. A empresa deve estar atenta, pois integrar novos colaboradores é um processo que exige planejamento para não haver prejuízo.

Para ajudar a obter melhores resultados com os programas de trainee e estágio, trouxemos aqui algumas informações relevantes sobre o tema.

Acompanhe e aprenda mais agora mesmo!

Quais as diferenças entre estagiários e trainees?

A maioria das pessoas não entende exatamente como diferenciar um trainee de um estagiário, tanto do ponto de vista legal quanto prático. Confira aqui algumas das principais diferenças entre eles.

Nível de formação

O estagiário é um estudante que precisa de uma experiência de trabalho na sua área de conhecimento. Além disso, o estágio é uma exigência para ele conseguir concluir sua formação. Já o trainee é um universitário recém-formado, que busca uma colocação no mercado de trabalho. Contudo, ainda não tem uma considerável experiência profissional.

Carga horária

Outro ponto de diferença entre os dois é com relação à carga horária permitida por lei. Para os estagiários, a jornada de trabalho deve ficar entre 4 e 6 horas diárias, para um total de 30 horas semanais. É possível ampliar esse número para 8 horas caso o programa de estágio inclua cursos de formação que não interfiram no horário da faculdade.

Já os trainees funcionam da mesma forma que um funcionário padrão, com jornada de trabalho diária de 8 horas, para um total de 40 horas semanais. Isso inclui também a possibilidade de 2 horas extras diárias, as quais também devem ser pagas com os adicionais esperados.

Tipo de contrato

Por fim, há também a questão do vínculo empregatício, o qual é bem relevante para fins de legalidade. Outro aspecto é que o contrato de estágio não pode ter duração maior que 2 anos. Depois desse período, é necessária a efetivação ou o desligamento. O estagiário também tem acesso aos seguintes benefícios:

  • salário;
  • vale-transporte;
  • seguro contra acidentes pessoais;
  • férias.

Para trainees, mais uma vez, o funcionamento é idêntico ao de um profissional comum, contratado por meio de CLT. Isso inclui 13º, horas extras, contribuição para a previdência etc.

Por que investir em jovens talentos?

Naturalmente, há vários motivos para investir em programas de trainee e estágio em qualquer empresa, especialmente a medida que ela ganha mais alcance e clientes. Ter sangue novo de tempos em tempos é indispensável para continuar a elevar seu desempenho.

Veja aqui alguns exemplos de seus benefícios!

Desenvolvimento da liderança

Ao contrário do que muitos acreditam, líderes não são necessariamente pessoas com um talento inato. É verdade que muitos apresentam uma aptidão própria para guiar o grupo, mas essa também é uma habilidade que pode ser desenvolvida e refinada com tempo e esforço. Quanto mais refinada ela for, mais efetiva a liderança será.

Uma forma de facilitar essa tarefa é ter profissionais com bastante experiência dentro do negócio, os quais conhecem melhor as dinâmicas de trabalho e os objetivos da empresa como um todo. Com o tempo, esses colaboradores também vão ajudar a tornar os demais membros da equipe mais eficientes e preparados para suas funções, além de passar essa orientação adiante.

Redução da rotatividade

A rotatividade de equipe é uma métrica que ajuda a avaliar vários aspectos do seu negócio, incluindo clima organizacional, satisfação da equipe, qualidade da gestão de recursos humanos e do processo de recrutamento e seleção. Ela se refere à frequência com a qual os membros da sua equipe são substituídos. Um número elevado indica que há muitas contratações, desligamentos e treinamentos ocorrendo em pouco tempo, o que incorre em muitos custos e pouco aproveitamento da equipe.

Uma possível causa para a rotatividade elevada é a contratação de profissionais que não são adequados à empresa. Uma forma de mitigar isso é investir em programas que pegam esses profissionais no início de suas carreiras, quando é mais fácil identificar seus perfis e ainda há possibilidade de treiná-los.

Incentivos fiscais

Para que a sociedade como um todo continue a se manter, é necessário que os jovens tenham acesso a oportunidades de trabalho. Sem isso, nenhuma carreira pode ser efetivamente iniciada. Por isso que o governo inclui algumas medidas para melhorar as chances de contratação desses jovens em formação ou recém-formados.

A mais clara delas é o oferecimento de incentivos fiscais a empresas para que contratem mais trainees e estagiários. Dependendo do número total de colaboradores em sua empresa, uma porcentagem deles deve ser composta por esses jovens. Assim, você também economizará no orçamento da empresa, com parte dos seus impostos sendo deduzidos todos os anos.

Melhor visibilidade no mercado

Hoje, tanto consumidores quanto profissionais tendem a ser mais conscientes e exigentes em relação às empresas com as quais se envolvem. Isso significa que se o seu negócio é conhecido por não oferecer boas oportunidades para seus novos colaboradores, então pode ser que isso resulte em publicidade negativa, o que também acaba por reduzir sua rentabilidade a longo prazo.

Considerando esse ponto, a implementação de programas de trainee e estágio também é importante para garantir a melhor visibilidade da sua empresa diante do público. Assim, você não só contribui com a reputação do seu negócio como também ajuda a atrair mais clientes e até candidatos de maior valor. Com o tempo, você terá mais facilidade para captar jovens profissionais de talento.

Colaborador preparado para a função

Por fim, mas não menos importante, ter um colaborador que entende bem o funcionamento do seu negócio e tem toda a instrução necessária para suprir as demandas da empresa é uma tarefa difícil. Raramente uma pessoa atende a todos os requisitos mais exigentes logo de cara. Contudo, em algum momento, espera-se que você consiga alguém capaz de preencher a posição com maestria.

Aqui, o melhor caminho é fazer a contratação de um trainee ou estagiário, o qual pode continuar a acompanhar sua empresa ao longo do tempo. Assim, você pode oferecer capacitações, treinamentos e cursos que ele mais precisa e ter um colaborador mais adequado para sua função.

É melhor contratar como trainee ou estágio?

A resposta dependerá do seu caso específico e dos objetivos da empresa, das diferenças contratuais, as limitações de cada um e o nível de conhecimento esperado. Estagiários são adequados para tarefas de menor intensidade, mas com possibilidade de se familiarizarem mais cedo com os processos. Trainees, por outro lado, já possuem formação concluída, então você pode esperar um pouco mais de conhecimento deles.

Como promover um programa de trainee e estágio em seu negócio?

A implementação de programas de trainees e estagiários na empresa exige algum preparo e planejamento para ser bem sucedida. Algumas boas práticas para manter em mente são:

Defina figuras de liderança

É necessário ao menos um profissional mais experiente na equipe para instruir e treinar estagiários e trainees. Além da competência técnica, esses indivíduos também devem ser figuras de liderança dentro da equipe, transmitindo feedback e assumindo a responsabilidade pelos novos colaboradores.

Mantenha contato com instituições de ensino

Encontrar bons candidatos para estágio e trainee é uma forma de atrair e reter talentos em sua empresa. Para isso, o melhor caminho é manter contato próximo com instituições de ensino, como faculdades e cursos técnicos. Dessa forma, você terá mais informações para selecionar candidatos.

Busque auxílio com especialistas

Para otimizar o processo de contratação de jovens talentos, uma boa opção é buscar ajuda especializada na área. Com uma consultoria de RH, você pode filtrar os melhores candidatos e estabelecer a melhor metodologia para maximizar seu desempenho.

Agora que você tem todas essas informações, está mais preparado para estudar e implementar programas de trainee e estágio com mais eficácia em sua empresa. Se você não se sentir seguro para implementar essas ações por contar própria, ainda pode buscar ajuda profissional na área.

Quer encontrar a assistência que precisa para suas contratações agora mesmo? Então, entre em contato com a gente e descubra como podemos ajudar.

 

 

Fontes: Exame / Endeavor Brasil / LG lugar de gente

 

CTA Lideranca 4.0 o que voce precisa saber sobre isso2
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp