Guia completo sobre gestão estratégica de pessoas

gestão estratégica de pessoas
82 / 100 SEO Score

Os recursos humanos de uma empresa são de grande valor para determinar seu desempenho ao longo do tempo. Sem uma equipe bem capacitada, não é possível entregar produtos e serviços de qualidade para seus clientes. Porém, mais do que acumular colaboradores na empresa, é necessário fazer uma gestão estratégica de pessoas para que esses recursos sejam usados com máxima efetividade.

Apesar de parecer um conceito simples, ainda pode ser uma tarefa difícil na prática. Porém, com um pouco de orientação e preparo, você verá como é possível melhorar consideravelmente a aplicação do capital humano em sua empresa. Será necessário promover algumas mudanças de comportamento e em seus processos, mas o resultado final certamente compensa o investimento.

Para ajudar a colocar essa ideia em prática, trouxemos aqui um guia completo para você entender e implementar a gestão estratégica de pessoas em sua empresa. Acompanhe.

O que é a gestão estratégica de pessoas?

O conceito de gestão de pessoas não é nenhuma novidade. Desde que os seres humanos começaram a se organizar em uma sociedade, várias tarefas passaram a ser divididas de forma que todas possam ser cumpridas no tempo adequado para suprir as demandas do grupo.

Da mesma forma, também é ideal que as pessoas mais capacitadas cumpram as tarefas para as quais estão mais bem preparadas. Isso inclui seu perfil profissional, formação, raciocínio, capacidade física, entre várias outras características a serem exigidas por uma tarefa. Infelizmente, não é isso que acontece na maioria das empresas. É bem mais comum ver profissionais que são colocados em funções que não tiram proveito de suas melhores qualidades.

É aí que entra a gestão estratégica de pessoas. Seu principal objetivo é garantir que todos os recursos humanos estão sendo mais bem aproveitados dentro da empresa, oferecendo o máximo de produtividade. Esse é um dos fundamentos do RH estratégico moderno e um passo muito importante para o crescimento de qualquer negócio.

Quais são os pilares da gestão estratégica de pessoas?

Para garantir o sucesso da sua gestão de pessoas, existem alguns princípios que são usados para guiar sua implementação. A ideia é que, com esses pilares, seja mais fácil orientar suas demais ações e objetivos ao longo do caminho.

Confira aqui os 6 pilares que você deve manter em mente ao elaborar a sua gestão estratégica.

1. Retenção de talentos

Profissionais de talento são, por definição, mais rentáveis e eficazes em suas áreas do que a média. Por isso que muitos negócios enfatizam bastante a busca por candidatos e profissionais que demonstram essas qualidades. Da mesma forma, também é possível encontrar algumas dessas pessoas dentro da sua própria equipe, as quais têm uma performance melhor que a dos demais.

Porém, há outra perspectiva importante sobre esse tema: os talentos podem ser abordados por outros negócios e podem, até, deixar sua empresa. Dependendo de como você realiza sua gestão de pessoas, esse pode ser um cenário mais comum do que você imagina.

Porém, com uma gestão estratégica, você pode implementar ações que maximizam as chances de retenção de talentos. Podem ser ações relacionadas à satisfação com o trabalho, recompensas, motivação, entre outras. A longo prazo, esse tipo de mudança é muito mais efetiva para o desenvolvimento da sua equipe.

2. Engajamento da equipe

Outro ponto importante para a maioria das pessoas hoje em dia é a atitude da equipe em relação às próprias tarefas. A forma como todos se comportam e como se dedicam às suas funções dá vários insights com relação ao desempenho esperado e seu potencial.

Uma equipe pouco engajada tende a apresentar uma performance bem inferior, se contentando em fazer o mínimo necessário para completar suas tarefas diárias. Isso pode ser o suficiente para a manutenção da empresa, mas dificilmente é útil o bastante para promover o seu crescimento a médio e longo prazo. Com o tempo, isso também pode prejudicar seu clima organizacional.

Felizmente, existem vários métodos para promover esse engajamento e envolvimento da equipe no dia a dia de trabalho. Com o tempo, isso vai ajudar a melhorar o desempenho dos colaboradores e seu clima organizacional.

3. Desenvolvimento de competências

O termo “competência” aqui é usado para se referir a todos os conhecimentos teóricos e práticos dentro da empresa. O uso de uma determinada ferramenta, entendimento de um conjunto de leis, uma formação, entre outras coisas do tipo. A ideia é que, quanto mais competências sua empresa tem entre seus colaboradores e quanto maior for sua variedade, maior é sua capacidade de lidar com problemas e entregar mais qualidade ao cliente final.

Claro que, para alcançar essa meta, é necessário um esforço ativo por parte da gestão. Será necessário investir no desenvolvimento das competências de todos os profissionais dentro da própria empresa. Afinal, até mesmo os melhores profissionais, para executarem suas tarefas com maestria, não chegam até seu negócio com todas as capacidades prontas.

O investimento em novas competências ou no aprimoramento de competências já presentes na empresa é fundamental para manter um bom ritmo de crescimento. Além disso, também é uma forma de investir em sua equipe para maximizar as habilidades que eles já têm.

4. Comunicação eficiente

Independentemente de qual seja seu setor de atuação, a eficiência da equipe depende da ação conjunta de vários indivíduos. Quanto mais uma empresa cresce, maior é o número de colaboradores e, com isso, é preciso encontrar ferramentas eficientes para melhorar a comunicabilidade e aproveitar ao máximo seu capital humano.

Para garantir que todas as partes envolvidas apresentem o resultado desejado, é ideal que a sua gestão estratégica de pessoas considere também os desafios envolvidos em sua comunicação. Tanto no que diz respeito à troca de informações relevantes quanto nas conversas e coordenações necessárias no dia a dia de trabalho.

A implementação de metodologias, treinamentos e ferramentas que facilitam a comunicação interna é indispensável para melhorar o aproveitamento da sua equipe. A médio e longo prazo, esses investimentos vão ser facilmente compensados com o aumento na produtividade e no engajamento.

5. Liderança

Até alguns anos, acreditava-se que os cargos de gestão e liderança seriam, pouco a pouco, abolidos — resultado da maior tendência de autonomia entre os profissionais. Porém, o que aconteceu na prática é uma mudança na forma como as pessoas pensam esses cargos e o papel que eles têm dentro da empresa.

Hoje em dia, a visão que as pessoas têm de um gestor é menos de alguém que distribui ordens e mais de alguém que serve de base para o resto da equipe. É o profissional mais experiente ou mais capacitado, ao qual os demais podem recorrer para tirar dúvidas e tomar decisões no momento certo.

Como você já deve imaginar, essas figuras de liderança também contribuem com o aumento do potencial de vários de seus colaboradores. Por isso é importante identificar esse perfil de profissional e posicioná-lo de forma estratégica para que todos contribuam ao máximo com o sucesso de cada setor.

6. Cooperação

Por fim, mas não menos importante, é bom lembrar que toda estratégia depende de cooperação. Mesmo que toda a comunicação seja eficiente e haja figuras de liderança, é importante que todos entendam qual é o direcionamento ideal a ser tomado para alcançar os objetivos da empresa.

A qualidade do serviço prestado também depende de uma atuação conjunta e proativa de todos os colaboradores. Se todos tiverem direcionamentos e intenções diferentes em suas atividades, será praticamente impossível combinar suas capacidades de forma estratégica. Promover a cooperação pode parecer difícil, mas é algo que pode ser alcançado sem grande dificuldade se você tiver o planejamento certo.

Quais são seus principais benefícios?

Adotar uma gestão estratégica de pessoas é um passo fundamental para maximizar a produtividade da sua equipe. Seus benefícios podem se manifestar de várias maneiras no dia a dia. Confira aqui algumas de suas principais vantagens.

1. Contratações mais eficazes

O potencial que um profissional traz para a empresa é determinado desde o processo de recrutamento e seleção, quando já é necessário levar em conta a forma como novos colaboradores vão se encaixar em seu negócio e como cada um deles colabora para o potencial do setor como um todo.

Não é incomum ver empresas fazerem contratações usando critérios muito superficiais ou concentrando sua atenção em menos fatores do que o ideal. O resultado disso é a aquisição de uma equipe que não preenche adequadamente todas as demandas ou que não tira proveito do potencial oferecido por todos os colaboradores na empresa.

Ao adotar uma perspectiva mais estratégica nesse aspecto da sua gestão, você logo verá uma diferença clara na forma como o processo de recrutamento e seleção é executado. Você poderá focar em critérios mais adequados para o preenchimento de determinadas funções, além de utilizar ferramentas mais eficazes.

2. Desenvolvimento e aprimoramento da equipe

Naturalmente, o trabalho de um RH estratégico não acaba quando o colaborador é efetivado. Pelo contrário, ainda é necessário que ele continue se aprimorando e se especializando à medida que progride em sua carreira. Para que esse crescimento seja o mais eficiente possível, também é necessário que a empresa faça um investimento ativo em seu progresso.

O mesmo também é válido do ponto de vista coletivo. A forma como a equipe interage e as habilidades que desenvolvem em conjunto também têm efeito direto no crescimento de todos os envolvidos. Mais uma vez o papel da gestão da empresa no melhor aproveitamento do capital humano é evidente.

Com a gestão estratégica de pessoas, é mais fácil identificar os pontos que precisam ser melhorados, tanto individualmente quanto coletivamente. Isso permite que você acompanhe o ritmo de desenvolvimento do mercado e as novas exigências do seu público.

3. Motivação dos colaboradores

Como já mencionamos, o engajamento da equipe é um fator-chave para o sucesso de qualquer negócio. Mesmo os melhores gestores ainda precisam da proatividade e entusiasmo de cada profissional para fazer com que seu planejamento alcance as metas desejadas em tempo hábil.

A falta de motivação da equipe pode surgir por vários motivos, desde a falta de compensação adequada para seu trabalho até um nível inadequado de desafios como parte da rotina. Quanto mais esses desalinhamentos persistirem, menor é a rentabilidade gerada pela sua empresa.

Alocar seu capital humano da forma correta também é uma maneira de promover a motivação da equipe. Afinal, pessoas que estão em funções mais adequadas às suas habilidades e mais bem alinhadas com seus objetivos profissionais tendem a ser melhor sucedidas e mais satisfeitas em suas respectivas áreas.

4. Melhoria do clima organizacional

O clima organizacional, de forma resumida, é o conjunto de fatores na empresa que afetam a convivência e o humor da equipe, indo desde a forma de comunicação até o nível de exigência do time. Quando há muita insatisfação, pouco engajamento e má comunicação, esse clima tende a ser mais negativo, gerando estresse e comprometendo o desempenho de todos.

Promover o melhor clima organizacional é um ótimo investimento para melhorar o desempenho e a qualidade de vida da sua equipe. Um clima mais positivo influencia na cooperação dos colaboradores, em seus níveis de satisfação, entre outras coisas que também influenciam os resultados.

Nesse ponto, a gestão estratégica de pessoas é mais voltada para a escolha do perfil certo de colaborador. Afinal, nem todos os tipos e personalidades necessários para cumprir as tarefas da empresa com mais eficácia são igualmente misturáveis.

5. Promove a retenção de talentos

Por fim, mas não menos importante, é bom lembrar que, para construir um diferencial competitivo e alcançar um público maior, sua empresa vai precisar investir na aquisição de talentos para sua base. Não basta apenas fazer sua captação, sendo também necessário encontrar formas de retê-los em seu negócio por mais tempo.

Esses profissionais tendem a ser mais úteis em cargos específicos em que suas qualidades são requisitadas, como é o caso de pessoas com boas habilidades de comunicação e posições de liderança. Fazer uma distribuição mais eficaz da sua equipe também significa deixar esses profissionais de talento em posições nas quais eles sejam mais bem aproveitados — uma atitude simples, mas que já apresenta grande efeito no seu índice de retenção.

A longo prazo, essa atenção não só ajuda a manter os talentos dentro da empresa como também levar à atração de novos.

Como colocar a gestão estratégica de pessoas em prática?

Considerando todos os pontos que já mencionamos, você já deve ter entendido a importância de um posicionamento estratégico na sua gestão de pessoas. Seja em pequena ou em larga escala. Para auxiliar nessa implementação, trouxemos aqui alguns passos que você pode seguir. Confira.

1. Analise sua equipe e seus processos

O primeiro passo na implementação de toda e qualquer mudança dentro de uma empresa é reunir informações e dados relevantes para seu planejamento. Afinal, como você pode saber o que precisa ser alterado em sua gestão sem ter uma perspectiva clara de como ela funciona no momento? Para isso serve uma análise da sua equipe, identificando talentos e nível de satisfação, assim como de seus processos e o impacto deles nos colaboradores.

Você já deve começar a identificar alguns dos pontos fortes e fracos da sua empresa e como eles podem ser corrigidos no futuro. Lembre-se também de continuar acompanhando esses fatores à medida que promove mudanças em sua empresa, pois eles serão uma métrica importante na hora de identificar o seu progresso.

2. Invista em treinamentos

Como mencionamos, uma parte importante de uma gestão estratégica de pessoas é fazer seu aprimoramento ao longo do tempo. Quanto mais você investir em capacitação, formação e desenvolvimento de competências dentro da própria empresa, mais seus profissionais terão o conjunto ideal de habilidades para lidar com as exigências do seu negócio e, consequentemente, menos você terá que gastar com o processo de recrutamento e seleção no longo prazo.

Existem vários tipos diferentes de treinamentos que podem ser implementados. Você pode começar focando no uso de recursos técnicos da empresa, elaborar um programa de desenvolvimento de líderes, incentivar os colaboradores a buscarem uma nova formação, entre outras opções.

Independentemente de qual seja o método escolhido e em qual ordem as medidas forem implementadas, elas serão efetivas, desde que ajudem a suprir alguma demanda da equipe.

3. Tenha programas de recompensa e motivação

Outro fator que já mencionamos é a sua capacidade de manter uma equipe motivada no dia a dia de trabalho. Quanto mais engajados todos estiverem, maior tende a ser sua rentabilidade no trabalho e menor seu desgaste diante de imprevistos ou tarefas particularmente difíceis. Um caminho para motivar sua equipe é criar programas de recompensa.

O conceito em si é bem simples. Você estabelece uma série de metas de trabalho para sua equipe, como seria o padrão, mas também estabelece algumas recompensas relativas a essas tarefas. Elas podem ser destinadas aos profissionais que obtiveram a melhor performance em determinado período ou a todos que cumpriram alguma meta extra.

Além de ser um incentivo positivo para que todos se dediquem mais, também é uma maneira bem prática de promover competições saudáveis.

4. Reorganize de acordo com as competências

Um dos fundamentos da gestão estratégica de pessoas é a organização de cargos e funções de acordo com as competências de cada colaborador. Não há muito sentido em pedir que alguém realize uma tarefa para a qual não tem formação ou quando não apresenta a experiência necessária para cumprir suas metas. Se você quer aproveitar melhor seu capital humano, deve colocá-lo onde ele é mais eficaz.

É aqui que o mapeamento da equipe e de processos se torna mais útil. Com uma análise desses dados, você poderá determinar quais funções exigem quais competências e como você pode redistribuir sua equipe de forma que todas essas exigências sejam preenchidas corretamente.

5. Promova a melhor comunicação interna

Considerando o quão dinâmico é o mercado atual, ter processos de comunicação mais ágeis e eficientes é praticamente obrigatório para o sucesso de qualquer projeto. Isso diz respeito não só ao contato com clientes e parceiros, mas principalmente na comunicação interna da empresa e na forma como os colaboradores trocam informações entre si no dia a dia de trabalho.

A metodologia de comunicação interna escolhida faz uma grande diferença na forma como seus colaboradores interagem e, consequentemente, na eficiência do próprio trabalho. É importante que todos consigam se comunicar com clareza e com a devida agilidade, minimizando as chances de perda de algum erro que possa prejudicar as tarefas. Da mesma forma, essa comunicação precisa ser amistosa, evitando problemas que afetem negativamente seu clima organizacional.

6. Invista em tecnologia

Por fim, mas não menos importante, é bom lembrar que a tecnologia, especialmente as ferramentas digitais, têm um papel fundamental na promoção de uma gestão estratégica de pessoas. Ainda mais no cenário atual, no qual normalmente é necessário lidar com uma equipe bem maior e que não está reunida em um mesmo espaço físico a maior parte do tempo.

O uso de um sistema de gestão de equipe é o mínimo necessário para facilitar a organização de tarefas e o monitoramento de atividades. Também é uma boa ideia encontrar formas alternativas de manter a equipe em contato em diferentes cenários. A centralização de informações evita vários erros de comunicação e tarefas repetidas no dia a dia.

Conte com a ajuda do Grupo SERES

Diante de todos os pontos levantados até agora, a importância de promover a gestão estratégica de pessoas já deve estar bem clara. Porém, mesmo com essas orientações, ainda pode ser difícil conseguir colocar tudo isso em prática dentro da sua empresa. Nesse ponto, o ideal é contar com ajuda especializada.

Se é esse tipo de ajuda que você precisa no momento, estamos à sua disposição. Nosso foco é trabalhar junto a nossos clientes para unir empresas e colaboradores em prol de uma parceria onde todos saem ganhando.

Entre em contato com a gente agora mesmo e entenda como podemos ajudar a aprimorar a sua gestão de pessoas, desde o recrutamento e seleção até o aprimoramento de competências das equipes já consolidadas.

CTA Lideranca 4.0 o que voce precisa saber sobre isso2
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on skype
Share on telegram
Share on whatsapp